REVISTAS SEMANAIS- Destaques de capa das revistas deste sábado, 23 de julho 2016





VEJA
Capa: Lula atuou para interferir no trabalho do Judiciário, diz MPF

Ligações telefônicas, extratos bancários e e-mails revelam que o ex-presidente comandou um esquema para obstruir a Operação Lava-Jato. E MAIS…
>> Petrobras aprova venda do controle da BR Distribuidora
Novo modelo prevê que o comprador seja majoritário no capital votante, mas que a petroleira mantenha a maioria do capital total.
>> Presidente da Câmara quer explicação sobre reajustes a servidores
‘Temos que ter clareza sobre o que estamos votando’, disse Rodrigo Maia a jornalistas nesta sexta-feira.
 
>> Governo reduz projeção de queda do PIB para 3,1%
Previsão anterior, de maio, era de retração de 3,8%; para a inflação, estimativa para este ano subiu de 7% para 7,2%.

ISTOÉ
CAPA: O risco Trump

Agora é para valer: o magnata que se tornou celebridade depois estrelar um reality show disputará a Presidência dos Estados Unidos pelo Partido Republicano. Populista e xenófobo, Donald Trump é o perigoso retrato de um mundo cada vez mais intolerante. OUTROS DESTAQUES
 
>> Ameaça real
A prisão de dez brasileiros suspeitos de preparar ataques evidencia o risco de ações terroristas na Rio-2016.
 
>> DELTAN DALLAGNOL- “Hoje, a corrupção é um crime de baixo risco e alto benefício”
O procurador da República que coordena a Lava Jato diz que a operação pretende deixar ao povo brasileiro um legado que vai além das prisões de poderosos.
 
>> Imobiliária Brasil
O INSS possui 3,5 mil imóveis abandonados, invadidos ou ocupados de forma irregular, que consomem do contribuinte cerca de R$ 20 milhões por ano. Agora, o governo apresenta um projeto para vender esse patrimônio e arrecadar R$ 6 bilhões.
 

>> “Menti para não destruir Dilma”
Diante do juiz Sérgio Moro, o marqueteiro João Santana confessa ter recebido US$ 4,5 milhões do caixa dois do PT e revela mais um crime da presidente afastada, o que torna insustentável qualquer possibilidade de seu retorno ao Palácio do Planalto. O dinheiro é parte da propina do Petrolão.

ÉPOCA
Destaque: O terrorista tecla ao lado

Graças à cooperação com os Estados Unidos e à nova Lei Antiterrorismo, autoridades brasileiras conseguem prender um grupo que planejava atentados na Olimpíada. LEIA AINDA
 
>> João Santana e a mulher entregam o caixa dois da campanha de Dilma Rousseff
No TelePrompTer pode ser “caixa dois”, mas para a Justiça chama-se propina a dinheirama que o marqueteiro admitiu ter recebido na Suíça por serviços prestados à campanha de Dilma.
 
>> “O Brasil não está na coalizão, mas nada impede ataques na Olimpíada”, diz mensagem de um dos presos
ÉPOCA teve acesso a mensagens de detidos na Operação Hashtag. Eles postavam imagens de armas e mensagens favoráveis ao Estado Islâmico.
 
>> Governo gasta R$ 8,6 bilhões a mais do que previa no primeiro bimestre de Temer
Sem aprovar nenhuma medida de austeridade até agora, o governo interino ainda patina para frear alta de despesas.
 

>> Temer vai enquadrar ministro da Justiça por comportamento em Operação Hashtag
Presidente interino acha que Alexandre de Moraes exorbitou em suas manifestações.

CARTA CAPITAL
Capa: Congressistas dos EUA denunciam a ilegalidade do impeachment

Em carta a John Kerry, 37 parlamentares pedem ao secretário de Estado que se abstenha de declarações favoráveis a Temer. E MAIS…
 
>> Temer receia ter sido gravado por Cunha
Em conversa no Jaburu, deputado teria lembrado ‘parcerias’. Lei de Portos foi uma delas.
 
>> Por que a esquerda mostra-se incapaz de propor alternativas?
O filósofo esloveno Slavoj Žižek e o economista turco Dani Rodrik, de Harvard, colocam o dedo na ferida.
 
>> Teto de gastos públicos abre as portas para redução do papel do Estado
Segundo opositores, PEC possibilita sucatear a Saúde, a Educação e a Previdência. O “saco de maldades” deve ser aberto pós-eleições municipais.
 
>> “Presença de simpatizantes do EI no Brasil era previsível”
Segundo especialista, existem indícios da formação de células terroristas no país desde 2015.