REVISTAS SEMANAIS- Veja os destaques de capa das revistas deste domingo, 11 de setembro 2016

VEJA
Capa- Exclusivo: O governo quer abafar a Lava Jato.  E MAIS…

>> Mundo- PCC oferece prêmio de US$ 5 mi a quem matar presidente paraguaio

>> Boca no trombone: Medina, gaúcho como Padilha, diz que sua queda começou há cerca de três meses

>> Poder- O presidente Michel Temer já enfrenta protestos

>> As divergências entre os dois ministros mais importantes do governo

>> Justiça: Quem é a nova presidente do STF

>> Corrupção: A Polícia Federal abre mais duas caixas-pretas do governo passado

>> Lava-Jato: O cerco se fecha contra o ex-presidente Lula

>> Eleições: A disputa mais indefinida dos últimos tempos

>> Paraguai: Traficantes do PCC ameaçam matar o presidente Horacio Cartes

>> Estados Unidos: Os tropeços de Barack Obama na Ásia

>> Espanha: A dificuldade em sair do impasse político

>> Paralimpíada: O que esperar dos Jogos do Rio
– A velocista belga que planejou a própria morte
– A atleta do Congo que venceu a guerra

>> Espaço Sonda da Nasa visitará asteroide que pode ajudar a explicar a origem da Terra

>> Tecnologia: Por que a Apple acabou com a entrada de fone de ouvido do iPhone

>> Saúde: Droga em estudo mostra-se eficaz contra depressão severa com risco de suicídio

>> Livros: Viva a Língua Brasileira!, de Sérgio Rodrigues, e Guia de Escrita, de Steven Pinker

>> Cinema: Cães de Guerra, com Jonah Hill

>> O Roubo da Taça, com Taís Araújo

ISTOÉ
Capa- Investigações fecham o cerco de Lula.
E agora, Lula?
O ex-presidente integrou o esquema do Petrolão, operou propinas, obstruiu a Justiça, foi criticado por ministro do STF e, já indiciado, vê o cerco se fechar com novos depoimentos bombásticos. Ao juiz Sérgio Moro, o publicitário Marcos Valério e os empreiteiros Marcelo Odebrecht e Léo Pinheiro acrescentam novas revelações que complicarão o petista de vez. E MAIS…

>> Entrevista- Ana Amélia Lemos:  “Precisamos de uma tranquilidade civilizada”

>> A nova cara do Supremo
Pouco afeita a negociações políticas, a legalista e caxias Cármem Lúcia assume a presidência do STF com a promessa de unir o Judiciário

>> Um gravíssimo precedente
Se o STF não reverter a decisão que manteve os direitos políticos de Dilma estará consumado o atentado à Constituição Federal, que coloca em xeque a Lei da Ficha Limpa. Com isso, políticos corruptos e quase cinco mil servidores públicos demitidos por justa causa poderão ser beneficiados

>> Os sabotadores
Como em outros momentos em que esteve na oposição, o PT reprisa a tática do boicote aos projetos do governo a fim de inviabilizá-lo. A estratégia do quanto pior, melhor, típica de regimes totalitários, está de volta

>> Dinheiro de aposentado bancou até vídeo game
Documentos obtidos por ISTOÉ mostram que esquema do Ministério do Planejamento comprou até um Nintendo para o filho do ex-ministro Paulo Bernardo e da senadora Gleisi Hoffmann

>> Caixa dois na largada
TSE intensifica fiscalização contra caixa dois nestas eleições e encontra fraudes em 34% das doações eleitorais. Há contribuições de beneficiários de programas sociais e até de mortos

>> Atenção, pais: não mandem os filhos para os EUA
Casos de adolescentes brasileiras barradas na imigração e detidas em albergues por vários dias escancaram os exageros das autoridades americanas e os riscos a que se submetem os jovens que viajam sozinhos

>> Cão sem dono?
Escultura que brilhou na Art Rio 2015 tem autoria contestada na Justiça em ação de plágio, com inquérito policial, e põe o mercado de arte em alta tensão

>> Qual a novidade mesmo?
iPhone 7 reúne tecnologias já conhecidas no mercado, não empolga e mostra que a Apple tem cada vez mais dificuldade para inovar

>> O show dos paralímpicos
O que explica o excelente desempenho dos paratletas brasileiros, que têm como meta alcançar o quinto lugar nos Jogos Rio-2016

>> As várias faces da nova temporada de manifestações
Como os movimentos ligados ao PT, que perderam privilégios após o impeachment de Dilma, promovem protestos violentos, distorcem a realidade e manipulam parte da juventude com reivindicações – como “Diretas Já”, por exemplo – que não encontram respaldo na Constituição.

ÉPOCA
Capa- Quem tem medo de Eduardo Cunha
Eduardo Cunha, o homem mais temido de Brasília
O detentor dos segredos do PMDB luta para salvar seu mandato. O desfecho desta batalha determinará o destino do governo Temer. E MAIS…

>> “Soubemos nos preservar, somos amigos”, diz Letícia Spiller sobre o ex, Marcello Novaes
20 anos depois dos inesquecíveis Babalu e Raí, eles voltam a viver um casal na TV

>> Dilma despacha cachorros para Porto Alegre
Animais de estimação das raças labrador e daschund partem para a residência da ex-presidente no Rio Grande do Sul

>> Henrique Meirelles: “No mundo, sobra dinheiro. No Brasil, há muito que privatizar”
O país tem estatais para privatizar e obras por fazer. O ministro da Fazenda acha possível convencer o mundo de que a crise brasileira é uma grande oportunidade

>> Márcia Malsar: Os passos de uma heroína na Paralimpíada do Rio
Ao cair e se reerguer na cerimônia de abertura da Paralimpíada, Márcia Malsar dá (mais) uma lição de como sobrepujar a adversidade

>> Alvo da Greenfield sinaliza delação
Um dos investigados pela operação, detido em São Paulo, deve ser o primeiro a colaborar com o Ministério Público

CARTA CAPITAL
Reportagem de capa- Eleições diretas – O coro de “Diretas Já” aumenta, e com ele, a repressão policial Alemã – Max Finger, de 64 anos, concilia trabalho de turismo com o de prostituição. E MAIS…
Rosa dos ventos – Mauricio Dias e os rumos do mundo político

Estudo – A influência do rentismo na manutenção dos juros no Brasil

Diplomacia – A presença inexpressiva do Brasil na reunião do G-20

Colômbia – O acordo de cessar-fogo entre o governo e as Farc

Bienal – Mostra “Incerteza Viva” reflete momento político e advoga mobilização social

Brasília e a fome do poder – O fechamento do restaurante Piantella e o fim da conciliação da chamada Nova República

Estilo – Pesquisa mostra o crescimento do ateísmo no mundo

Esporte – Os treinadores de futebol mais bem pagos do mundo