Conheça um pouco da história de Anacleto Avelino da Costa, filho de Avelino da Costa, o “Cajaiba”, fundador do Sindicato Rural de Elesbão Veloso.

Anacleto Cajaiba em entrevista Eldorado FM

Anacleto Avelino da Costa, o “Anacleto Cajaiba” está em Elesbão Veloso desde o último mês de julho. Atualmente vivendo em São Paulo, ele não visitava sua terra natal há pouco mais de três anos, bom frisar no entanto que desde que deixou a cidade nos idos 1976, regressou apenas por duas vezes para rever familiares 1981 e 2013. Dessa vez veio para ficar por um tempo mais prolongado.

Em entrevista ao Painel Popular, seu Anacleto que atou prestando serviços para a antiga Cepisa relembrou que Elesbão Veloso há 40 anos atrás era ‘só alegria, pois tinha dinheiro, havia serviço e diversão’. Ao comentar o panorama urbanistico, destaca que houve uma mudança significativa. “Mudou bastante, Elesbão Veloso agora tem muitas casas boas, o comércio evoluiu, a política também tá um pouco avançada”, disse.

Filhos de Maria da Conceição Costa e do senhor Avelino da Costa, o “Cajaiba”, sendo este um dos fundadores do Sindicato Rural de Elesbão Veloso, Anacleto rasga elogios, quando lembra do pai. “Era um velho bom, honesto, fundou o sindicato da cidade, ajudou a aposentar muitos coroas, deixou sua marca na área sindical rural”, lembrou.

Casado, pai de dois filhos, já tem cinco netos e dois bisnetos, é dono de casa própria em São Bernardo do Campo, no ABC Paulista, onde mora nos dias atuais, antes residiu no Ipiranga, na capital paulista. Aposentado por um empresa do ramo da metalúrgica, seu Anacleto diz não ter nenhum arrependimento na vida, tem sim, saudades dos pais.

Quanto a São Paulo, cidade que diz gostar bastante, a adaptação foi rápida. Em terras paulistas fez muitas amizades. “Tenho muitos conhecidos em São Caetano, na Vila Palmares, em Santo André, tenho muitos colegas, principalmente do Piauí, pessoas batalhadoras”, encerrou. (Por José Loiola Neto)