Vale do Coroatá AM completa 27 anos no ar em Elesbão Veloso. Confira um breve histórico da emissora do empresário Benoni Portela.

Por: José Loiola Neto, ex-locutor da RVC

A Rádio Vale do Coroatá-RVC AM completa 27 anos no ar. Primeira emissora de rádio em Elesbão Veloso, empreendimento dos primos Agnaldo e Benoni Portela Leal foi inaugurada a 20 de janeiro de 1990 com direito a festa popular no Clube Recreativo Elesbonense-CRE, a qual contou com a presença e animação de Pinduca, o rei do carimbó, e a participação de centenas de pessoas.

Nos anos seguintes, a rádio ficou famosa pela comemoração do seu aniversário, com festas chamativas na Praça da Independência, e participação de artistas como Limarcos, Ramundo Soldado, Nanan Lima, Ronnier dentre outros. Operando na frequência de 1.480KHZ, no começo de suas transmissões chegou a ser ouvida em vários pontos do Piauí, inclusive na capital Teresina, também nos estados do Maranhão, Pernambuco e Ceará, de onde chegavam à época cartas ou ligações de ouvintes ao telefone 3286-1276.
Estúdio da RVC. Foto: José Neto
Serviram como referência em matéria de programação na casa, os programas Show da Manhã, Jornal Vale do Coroatá e Tarde Sertaneja, apresentados por Jurdan; também: Aquarela Nordestina, Correspondente do Interior, Brega e Chique e Musical do Povão com Miguel Leal; o Mundo da Mulher que teve apresentações de Marlene Magalhães e Maria Nunes; Esportes na Coroatá, inicialmente com Fernando Portela e Barbosa Filho, mais tarde com Fernando Portela e José Loiola Neto.

O programa Domingo Espetacular com Luciano Flackback e Valdir Araújo  foi destaque entre 1991 e 1995, assim como Tonga Variedades aos sábados com o então bancário Tonga, e Show da Noite com Zé Hiran Barbosa chamavam a atenção no começo majestoso da Coroatá. O sanfoneiro Toinho do Acordeon, de Inhuma fez programas ao vivo aos domingos pela manhã entre 1994 e 1996 e tinha audiência absoluta. A cultura de cordel sempre teve espaço na Vale do Coroatá e até bem pouco tempo esteve no ar o programa Cultura Nordestina com Chagas Agnel e Zé Monteiro.

No ar, a partir de 1993, o programa Comando do Povo no Rádio, apresentado por Fernando Portela ganhou visibilidade entre 2001 e 2003, quando contou com a participação de Enéas Soares, que destemido ao microfone fazia críticas a gestão municipal, vindo a criar jargões engraçados como "Elesbão Veloso, a cidade do truco-truco". Eneas também apresentou na RVC entre 1990 e '992, o programa a Voz dos Bairros.
Jurdan: um dos primeiros locutores da emissora em 1990. Foto: José Loiola Neto, julho 2014.
As transmissões esportivas não podem passar despercebidas, muitas foram as jornadas no Nogueirão, no CRE, na AABB e até na antiga quadra, hoje complexo de lazer. As narrações de José de Holanda Neto, o Manhã, de saudosa memória, Jurdan e Fernando Portela, assim como os comentários e reportagens de José Neto, Albércio Moura e Wagner Sales fazem parte da história esportiva da emissora.
Fernando Portel segue na RVC juntamente com...
Jerrivan avalcante. 

Violeiros Zé Mariquinha e Chagas Agnel
Radialista José Neto iniciou trajetória no rádio local na RVC em 1994

Transmissões esportivas no Nogueirão- Fernando Portela ladeado por Albércio Moura e Vagner Sales
Eneas Soares: polêmicas no Comando do Povo no Rádio: "Cidade do truco-truco"
Desde 1994, Benoni Portela detém os direitos da rádio, que após anos situada no centro, agora se encontra com estúdios instalados no bairro Sambaiba, mesmo local dos transmissores sob coordenação dos radialistas Fenrnando Portela e Jerrivan Cavalcante, únicos remanescentes da história áurea da Coroatá, que contou com a participação valiosa de vários nomes da radiofonia quer seja como locutores ou sonoplastas, a saber:

JURDAN

MIGUEL LEAL

FERNANDO PORTELA

JERRIVAN CAVALCANTE

JOSÉ LOIOLA NETO

 MARLENE MAGALHÃES

RODEMARC LOPES

 FANCA LIMA VERDE

TELMA PORTELA LEAL

MARIA NUNES

BENEDITA LIMA

RENATO ALVES

PAULO DE DEUS

FRANCISCO JOSÉ MOURA

CRUZINHA BARBOSA(EM MEMÓRIA)

VALDIR ALVES DE ARAÚJO

LUCIANO FLACKBACK

REGINA SILVA

CHICO VERAS

CARVALHO NETO

ZÉ HIRAN BARBOSA

AFONCINA LIMA VERDE

EUGÊNIA COSTA

ENEAS SOARES

HENRIQUE DANTAS

TONGA(EM MEMÓRIA)

BARBOSA FILHO(EM MEMÓRIA)

SÉRGIO ALVES( DE VALENÇA DO PIAUÍ)

TOINHO DO ACORDEON(EM MEMÓRIA)

DOMINGOS PEREIRA-VIOLEIRO

CHAGAS AGNEL

MOACIR BORGES LEAL

ZÉ ELESBÃO(EM MEMÓRIA)- VIOLEIRO

VIOLEIRO GAVIÃO

EXPEDITO DA MATA(EM MEMÓRIA)-VIOLEIRO

ZÉ MONTEIRO-VIOLEIRO

ANTONIO CÍCERO- VIOLEIRO

GONÇALO DA TUNICA- VIOLEIRO(EM MEMÓRIA)

CHIQUINHO DAS CAJAZEIRAS- VIOLEIRO

SIDNEI SOUSA- (ESPORTE)

FRANCISCO NUNES, O BALADEIRA-(ESPORTE)

EVERARDO DA JUDITE-(ESPORTE)

JURACI LEITE-(ESPORTE)

JOSÉ DE HOLANDA NETO, O "MANHÃO"(EM MEMÓRIA)

DEUSIENE MARTINS

NEILMA

JOELMA MARQUES

SANDRA MESQUITA
Postagem anterior
Próxima postagem
Notícias Relacionadas

0 comentários: