Com gol nos acréscimos, Altos vence Piauí no Lindolfo Monteiro e larga na frente no estadual.

Lance do jogo Piauí 2 x 3 Altos, no Lindolfo Monteiro. Foto: Elziney Santos

Por: José Loiola Neto

Com gol nos acréscimos, Altos vence Piauí no Lindolfo Monteiro e larga na frente no estadual.
Em jogo de muitos gols e emoção até o fim para quem esteve no Lindolfinho na noite dessa quarta-feira(1º/2), o Altos derrotou o Piauí por 3×2, e largou na frente no Campeonato Piauiense. O gol da vitória altoense foi anotado aos 46 minutos da etapa complementar.

Aplicado taticamente, em que pese atuação fora de casa, o Altos tomou a iniciativa e foi pra cima, porém o Piauí abriu o placar através de Ricardo Oliveira aos 22 minutos, decretando a vitória parcial do Piauizão, no primeiro tempo: 1×0.

Na segunda etapa, fortes emoções, aos 13 minutos o Altos chega ao empate com Vágner em cobrança de falta; virada aos 39 com Joelson; o Piauí conseguiu o empate com Victor Salvador dois minutos depois, mas o vice-campeão piauiense consegue nova virada aos 46, novamente com Joelson escorando de cabeça.

Com o resultado o Altos divide a liderança com o Flamengo, vencedor do 4 de Julho atuando em Piripiri nessa quarta à noite. Na próxima rodada, o Piauí tem pela frente o clássico com o Ríver, dia 16/2. O Altos folga na tabela.

FICHA TÉCNICA


PIAUÍ 2 X 3 ALTOS


Motivo: Campeonato Piauiense 1ª Divisão – 1ª fase- 1ª rodada


Data/dia: 1º/02/2017- quarta-feira


Local: Estádio Lindolfo Monteiro em Teresina-PI


Árbitro: Diego da Silva Castro


Assistentes: Janystony Rabelo de Melo e Alisson Lima Damasceno.


Renda/Público: Não fornecidos


Gols: Ricardo Oliveira e Victor Salvador(PIAUÍ); Vágner e Joelson-2(ALTOS)


Cartão amarelo: Didi, Mury e Victor Salvador(PIAUÍ); Esquerdinha e William(ALTOS)


PIAUÍ: Lucas; Mury, Didi, Marcelo e Sorín; Victor Salvador, Nego Potiguar (Ítalo), Pablo e Bruninho; Ricardo Oliveira (Nil) e Testinha. Técnico: Marcão


ALTOS: Alex Alves; Dos Santos, Vitor Salvador, Marcelo e Tiaguinho; Nonato, Leandro Sobral (Joelson), Jeremias (Vagner) e Esquerdinha; Manoel e Willian. Técnico: Francisco Diá.