Eduardo marca duas vezes, Flamengo derrota Piauí e assume a liderança do Piauiense.

Por José Loiola Neto do Elesbão News

Em jogo que fechou a terceira rodada do Campeonato Piauiense, na tarde deste domingo(19/2), no Lindolfo Monteiro, o Flamengo ganhou por 2×0 o clássico ante o Piauí EC, que somou a terceira derrota seguida, ficando com a lanterna da competição promovida pela FFP. O Flamengo por sua vez chegou aos seis pontos e bem posicionado com vistas à classificação à próxima fase.

Os gols da vitória rubro-negra forma assinalados por Eduardo em duas oportunidades e Joninha. Suspenso, por expulsão na rodada anterior, o técnico Celso Teixeira, do Flamengo comandou a equipe das arquibancadas do Lindolfinho.

Jogadores do Piauí deixam o campo do Lindolfinho cabisbaixos.

Mesmo diante de múltiplos problemas, sobretudo relacionados a seus atletas, boa parte deles entregues ao DM, o Flamengo não encontrou dificuldades para derrotar o Piauí do técnico Marcão, o time atuou completo. O Enxuga Rato não sofreu uma derrota com placar mais dilata devido seu goleiro Joel, responsável por defesas importantes no jogo.

Na tabela de classificação, o Flamengo soma seis pontos e lidera o Estadual, marcou 4 gols, sofreu 2, saldo de 2. O Piauí tem a pior campanha até agora no estadual, ainda não pontuou, é lanterna, marcou 2 gols, sofreu 8, saldo negativo de 6 tentos.

O Campeonato Piauiense terá prosseguimento nesse meio de semana com a disputa da quarta rodada.
 
FICHA TÉCNICA

PIAUÍ 0 x 3 FLAMENGO
 

Motivo: Campeonato Piauiense de Futebol 1° Turno – 3ª rodada

Data- dia-hora: 19/02/2017- domingo- 16h
 

Local: Estádio Lindolfo Monteiro em Teresina – PI

Árbitro: Antonio Francisco Cordeiro de Paula

Assistentes: Francisco Nurisman Machado Gaspar e Marcio Iglesias Araujo Silva.

Gols: Eduardo-2 e Joninha 

Expulsão: Fabinho(FLA)

PIAUÍ: Joel; Mury, Didi, Marcelo e Cinelton; Alisson (silas), Victor salvador, Nego Potiguar (Leo Ceará) e Pablo; Ricardo Oliveira (Nil) e Testinha. Técnico: Marcão

FLAMENGO: Santos; Barata, William Goiano, Miltão e Tiaguinho; Alessandro, Leo Maceió, Capela (Leonardo) e Jean Carlo (Joninha); Eduardo (Carioca) e Fabinho. Técnico: Guto Teixeira.