URGENTE: Carro do vereador Fernando Moura é encontrado pela PM 40 dias após ser tomado de assalto em Elesbão Veloso. Veja foto

Por José Loiola Neto

Foi localizado neste sábado(18/2) pela Polícia Militar em um trecho da PI que interliga as cidades de Aroazes e Santa Cruz dos Milagres , o carro do vereador Fernando Moura(PP), um Corsa Classic, tomado de assalto a 9 de janeiro desse ano por dois elementos, que armados com revólveres estiveram na casa do vereador, e usando de muita violência agrediu física e psicologicamente o vereador e alguns de seus familiares, em seguida levando o carro, celulares, dinheiro, cartões e documentos pessoais das vítimas.

Nesse intervalo de 40 dias pós-assalto, para burlar o proprietário e a própria polícia, os bandidos trocaram a placa do carro, na medida em que a oficial é OEI 6762 Teresina, e agora encontra-se afixada placa PIB 6041 Teresina. A reportagem procurou mas não localizou Fernando para que ele confirmasse a informação, mas familiares seus como o seu tio, o também vereador Gonçalo Moura e a mãe, a ex-prefeita Rosa Moura confirmaram o que muito se comentou durante a tarde de hoje na cidade e redes sociais.

Carro do vereador Fernando com a placa alterada

Importante salientar que o carro estava sendo usado por um trio de bandidos que estiveram na cidade de Aroazes durante a madrugada de sábado e lá mataram a tiros um vigilante noturno identificado como Lucas Dias, de Valença, depois seguiram no sentido Santa Cruz via Fazenda Negra. Em determinado trecho abandonaram o carro e adentraram a mata entre as cidades de São Félix e Santa Cruz, o trio encontra-se embrenhado, mas a PM está reforçada com a Força Tática e RONE.

Espera-se que até segunda-feira, após procedimentos legais e de praxe na polícia, o vereador Fernando Moura tenha de volta o seu carro. A polícia também deve investigar a relação dos acontecimentos dos últimos dias envolvendo vereadores da região, na medida em que não apenas o vereador Fernando foi vítima da bandidagem, mas também Adonias Filho em São Félix(casa revirada) e Dé do Mercadinho em Várzea Grande; ela, o esposo e um filho 17 anos em plena madrugada ficaram refém de três homens armados, que conseguiram subtrair das vítimas R$ 6 mil em espécie, celulares e joias.