Oito deputados do Piauí votam a favor de cobrança de Pós-Graduação em Universidades Públicas

Deputados que votaram a favor de cobrança de mensalidades em Universidades Públicas
Deputados favoráveis a cobrança de mensalidade em
Universidades Públicas

A Câmara dos Deputados votou no inicio da noite desta quarta-feira (29), Proposta de Emenda a Constituição de autoria do deputado paranaense Alex Canziani-PTB que autorizaria as universidades públicas a cobrarem por cursos de pós-graduação lato sensu (especialização), de extensão e de mestrado profissional.

A PEC foi reprovada por falta de quatro votos, a mesma necessitava de 308 votos e obteve 304, outros 139 votos votaram contra e 2 votaram abstenção.

Na bancada do Piauí, 9 deputados registraram presença no Plenário. Confira como votou cada deputado do Piauí.

Assis Carvalho – SIM
Átila Lira – SIM
Heráclito Fortes – SIM
Iracema Portella – SIM
Júlio César – SIM
Maia Filho – SIM
Marcelo Castro – SIM
Paes Landim – SIM
Rodrigo Martins – NÃO


Como se observa apenas o deputado Rodrigo Martins votou “não” na PEC que poderia cobrar dos brasileiros mensalidades para cursar Pós-Graduação, Mestrado e Doutorado em universidades Públicas.

O único deputado que não votou na PEC, foi Silas Freire que não registrou sua presença no Plenário da casa e com isso não foi conhecido sua posição sobre a matéria.