Viola marca duas vezes e dá vitória ao Ríver contra o Tubarão.

Por: José Loiola Neto/Campeonato Piauiense 2017

Uma rodada após ficar fora do G-4 classificatório para as semifinais do Campeonato Piauiense, o Ríver voltou a zona de conforto depois de vencer o Parnahyba por 2x0, dois gols de Viola, ambos no primeiro tempo, pela sexta rodada do estadual, em jogo de principal de rodada dupla, no Lindolfo Monteiro, quarta passada.

Artilheiro isolado do estadual com 5 gols, Viola poderia ter aumentado a conta se tivesse convertido uma penalidade máxima aos 40 minutos da etapa inicial. Ele chutou rasteira e a bola tocou na trave esquerda do goleiro Alex.
Ríver x Parnahyba pelo Piauiense no Lindolfo Monteiro.
Nessa segunda etapa de jogo, o Parnaíba foi aparentemente melhor, não o suficiente para anotar uma gol sequer, apesar das várias chegadas ao ataque. Noite chuvosa em Teresina com pouco mais de 800 pagantes em rodada dupla(preliminar- Flamengo 1 x 0 Altos).

O Ríver chega aos 9 pontos e entra novamente no G-4, o Parnahyba tem 7 pontos, mas é superado pelo 4 de Julho no critério de desempate. Na próxima rodada, a sétima ou último do primeiro turno, quarta-feira, o Parnahyba encara o Flamengo no Pedro Alelaf em Parnaíba, enquanto o Ríver duela com o Altos no Lindolfo Monteiro na capital piauiense.

FICHA TÉCNICA

RIVER 2 x 0 PARNAHYBA
 

Motivo: Campeonato Piauiense de Futebol 1° Turno - 6ª rodada
 

Data- dia- hora: 08/03/2017- quarta-feira- 20h30
 

Local: Estádio Lindolfo Monteiro  em Teresina - PI
 

Árbitro: Leonardo Marques Fortes
 

Assistentes: Alisson Lima Damasceno e Arnaldo Araújo Santos.
 

Renda/público: R$ 9.420,00 com 837 pagantes
 

Gols: Viola-2 ambos no 1º tempo
 

Cartões amarelos: Rossales, Amarildo (RIVER), Renan, Thiago Granja e Siderval (PARNAHYBA).
 

Expulsão: Amarildo(RIVER)
 

RÍVER: Leandro; Rossales, Oscar Brizuela, Gustavo Eugênio e Wesley; Amarildo, Humberto (André Luís), Tety e Juninho Paraíba (Cleber Lucas); Rodrigo Tiuí (Mateus) e Viola. Técnico: Eduardo Hungaro.
 

PARNAHYBA: Alex; Thiago Granja, Gilmar Bahia, Renan e Siderval (Puxinha); Ramon, Marcos Gasolina (Alan), Fabiano e Dunga; Jânio Daniel e Yerien (Dênis). Técnico: Fernando Toner.
Postagem anterior
Próxima postagem
Notícias Relacionadas

0 comentários: