Ciclo de palestras fecha projeto “Paz na Escola” no Ceep Benedito Leal em Elesbão Veloso. Veja Fotos

Por: José Loiola Neto

Na última terça-feira(18/4), a quadra de esportes do Ceep Benedito Leal, repleta de alunos de ensino médio dos três turnos, recebeu autoridades ligadas a área jurídica e policial, que na oportunidade contextualizando o terma “Paz na Escola”, trabalhado pela escola nos últimos dias, atendendo a proposição da Secretaria Estadual da Educação e Cultura do Piauí- SEDUC-PI.

A promotora de justiça da Comarca, policiais civis e militares lotados na DP local enfatizaram temas relacionados a comportamento dos jovens na sociedade, aconselhando e incentivando-os a adoção de boas práticas que por certo serão capazes de manter o clima amistoso não apenas na escola, mas em casa e na rua.

Professores e corpo diretivo presentes ao evento, que contou com cerimonial da coordenadora pedagógica Gregória Soares.

Ao falar para os discentes, o PM De Sousa, agradeceu a oportunidade de puder repassar noções de vida aos jovens. Há um ano frente a DP local, ele se disse honrado em participar de evento que reunia muitos jovens em um só lugar.

De Sousa afirmou que a maioria dos problemas que ocorrem na cidade giram em torno dos adolescentes. Para ele a paz no ambiente escolar depende dos alunos.

Policial De Sousa

O também PM Marcos André destacou que uma das problemáticas verificadas na cidade atualmente diz respeito, o tráfico e consumo de drogas. André disse que a boa qualidade da educação e a paz no ambiente escolar depende do comportamento de cada um dos jovens. Ele finalizou dizendo que a polícia está a disposição da escola, dos alunos, dos professores etc.

PM Marcos André

Representando a Polícia Civil, o delegado Paulo Gregório repassou conselhos aos alunos, antes, no entanto, fez elogios à escola pública, da qual é egresso, disse que o sucesso depende da determinação de cada um. Para Paulo, a escola é um templo do saber, por isso precisa ser valorizada.

A representante do MP atendeu ao convite da escola para se direcionar aos alunos por meio do projeto Paz na Escola, na sua palestra, Francisca Sílvia da Silva Reis enumerou vários pontos, dentre os que mereceram destaques, a violência no ambiente escolar, este na concepção da promotora é sentida pelos profissionais, contudo, em Elesbão Veloso, de 2013 para cá não tem havido registro de ameaças a professores.

– Isso é uma coisa intolerável e não pode ser aceito de maneira nenhuma esse tipo de comportamento por parte de aluno.

Promotora Francisca Sílvia durante palestra no Ceep BL

Sílvia disse que os problemas de violência nas escolas muitas vezes decorre em virtude de as famílias que acha que quem tem que educar é a escola.

– Professor educa o aluno e participa da construção do seu processo de educação, mas aquele aluno ou aluna tem de trazer o mínimo de cidadania para escola, tem de vir com alguma base.

Finalizando os trabalhos, o representante da Companhia Independente de Policiamento Especializado- CIPE com sede em Teresina, Capitão Jansen Cerqueira de Farias adiantou que a CIPE é vinculada a PM-PI e em essência busca manter a paz nos estabelecimentos escolares em todo o estado. Segundo, Jansen, o trabalho do policiamento escolar, de modo geral não é só de enfrentamento, mas de prevenção.  MAIS FOTOS