Dirigente Pedro “Rico” pede punição para árbitro de torneio no CRE

Pedro Rico pede punição para árbitro
Pedro Rico pede punição para árbitro

O dirigente e homem forte da equipe do Moto Táxi, Pedro Rico, afirmou para este que escreve, que se alguém precisa de punição em torneio realizado no Clube Recreativo Elesbonense. Esse alguém seria o arbitro Edson Gambá. A afirmação partiu, após questionamento feito pelo professor Natan Costa, que durante o Programa Eldorado News na manhã de ontem (10), questionou qual seria a punição para o dirigente Pedro Rico e o técnico da Equipe “Sú Moura”.

– Só posso te garantir uma coisa, contra a minha pessoa, não tem nada a ser tomado. Eu só não vou deixar é um cara despreparado pra apitar um jogo, e preparada pra prejudicar uma equipe! Fazer o que ele fez e ainda querer sair de bonzinho, ou seja, o “Gambá” entrou com intuito simplesmente de de prejudicar nossa equipe (Moto-Táxi), e eu retruquei, dizendo pra ele, que aquilo não é correto, como não foi! O Biguele’ deu o gol, e ele anulou incorretamente, afim de nos prejudicar, ISSO É INADMISSÍVEL em qualquer situação. Se alguém tiver de ser punido teria que ser ele (Gambá). – Falou Pedro Rico.

O dirigente afirmou ainda que quando presidiu o Clube Recreativo, nunca pediu favores aos organizadores do torneio.

– Eu fui presidente do Clube Recreativo, e fui parceiro dessa mesma competição no ano passado, a minha equipe (Moto-Táxi), perdeu na final pra Rua do Fio, em momento algum, eu Pedro, pedi a comissão favorecimento de A ou B, muito menos da minha equipe. Agora o que eu não vou admitir, é um cara vir lá de fora, com o intuito de prejudicar, uma equipe e ainda querer sair de bonzinho, vai não, em cima de mim não cola não. – Afirmou Pedro Rico