Novas informações acerca do acidente com a nova ambulância do HENM. Esposa de motorista esclarece fatos e demonstra chateação mediante comentários maldosos: “É complicado e dolorido”

Por: José Loiola Neto, do Elesbão Veloso

Nesta quarta-feira, pouco mais de 24h depois do acidente com a nova ambulância do Hospital Estadual Norberto Moura- HENM, na ladeira do Marreiro, área rural do município, tomamos conhecimento de quem dirigia o veículo.

Trata-se de Antonio Rodrigues da Costa e Silva, filho da “Graça do Frango”. A informação nos foi repassada por sua esposa, Lais Fernanda Rodrigues, que esclareceu que ao contrário do que noticiamos ontem, Antônio não fraturou braço, sofreu apenas arranhões pelo corpo, e quem fraturou um dos braços foi a jovem Gardênia Alcântara que também vinha na ambulância. Ainda ontem, ela foi encaminhada a Teresina, mas já recebeu alta médica e se encontra em Elesbão Veloso.

Na conversa com a reportagem do Painel Popular, Lais se mostrou chateada, mediante a onda de comentários maldosos sobre o seu esposo. Segundo ela, há pessoas mais preocupadas com a ambulância do que com as vítimas, e acham que o acidente foi proposital.

– É complicado e dolorido você ver que tem pessoas que estão julgando e falando uma coisa que não aconteceu, como já ouvi alguns relatos de pessoas dizerem que o hospital contrata para trabalhar gente que não tem capacidade para fazer um determinado serviço.

Lais pediu que antes de tecer esse tipo de comentário, as pessoas deveriam saber se Antonio já trabalhou, se é capacitado para tal função.

– Meu esposo já trabalhou fora em várias empresas desempenhando a função de motorista, e se ele foi chamado é porque tinha qualificação.