PAPO DE BOLA: Netinho da Tabuleta lembra os bons tempos no futebol em Elesbão Veloso e agora é dono de fábrica de sorvetes e picolés.

 Por: José Loiola Neto, do Elesbão News

Tivemos a satisfação de saber um pouco da vida do volante Netinho da Tabuleta, destaque do futebol elesbonense durante a década de 1990, atuando com a camisa 8 do Colorado, time pertencente a Cícero Marcos Oliveira, o Cícero do Cabana.

No momento, o ex-jogador encontra-se em Valença, onde reside há algum tempo, mas as voltas estar por Elesbão Veloso, sua terra natal. Perguntado se parou, Netinho disse que de vez em quando dá suas “pernadas”.

Netinho da Tabuleta fala a Eldorado FM

Ao Papo de Bola, Netinho lembrou que praticamente foi criado em São Paulo, já que deixou Elesbão Veloso aos 8 anos, retornando quando já tinha 18, Na sua volta, foi acolhido no Colorado. Recordou o título pelo Clube Recreativo, time de Sidney Sousa.

Sobre o clássico Bolonha e Colorado, ele confessa que foi um dos maiores que já viveu, a festa das torcidas ainda está presente na sua memória.

Netinho da Tabuleta jogou com a 8 do Colorado durante os anos 1990

Quanto a oportunidade de ter sido profissional, ele conta que teve várias, no entanto, não soube aproveitar. Nos dias atuais, o ex-camisa 8 do Colorado ressalta que é mais fácil um ‘moleque’ ser profissional, mas ele ressalta que o estudo é mais importante antes de mais nada.

Netinho da Tabuleta reforçou o Fênix de Elesbão Veloso no Campeonato de Quarentões do Médio Parnaiba. O time foi eliminado na primeira fase.

Fora dos campos, Netinho se transformou em empresário do ramo de frios e gelados, mais precisamente de sorvetes e picolés– SORVETES VIANA.