Assassinato do mototaxista Zé Augusto completa 8 meses; acusado segue foragido.

Oito meses sem José Augusto Lopes. Mototaxista foi morto com profundo golpe de faca no pescoço no começo da tarde do dia 28 de novembro do ano passado, em trecho de estrada vicinal que dá acesso a localidade Gameleira, área rural do município de Elesbão Veloso.

Acusado pelo crime segue foragido. A polícia trabalha com hipótese de latrocínio, já que na oportunidade a moto da vítima foi levada. Importa lembrar que durante o último mês de abril, em Francisco Santos, cidade localizada na microrregião de Picos, a Polícia Civil recuperou a motocicleta, e prendeu dois elementos acusados de comprar o veículo. (Por: José Loiola Neto)

José Augusto: morto com requinte de crueldade.