Paraense Helder Barbalho inclui Elesbão no semiárido e faz o que nenhum outro conseguiu fazer

Hélrder Barbalho

O ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho incluiu Elesbão Veloso, entre as cidades brasileira que integram o semiárido nordestino. Sonho antigo dos elesbonenses, devido as cidades que fazem parte do semiárido terem vários benefícios do governo federal, principalmente na área do crédito aos produtores e criadores rurais, que pagam taxas de juro menores que as demais cidades.

A reivindicação dista desde o inicio do governo Lula, quando o ministro era o cearense Ciro Gomes, após a saúda de Ciro, o também cearense Pedro Brito assumiu por um ano. Outro que também foi ministro e teve a oportunidade foi o baiano Geddel Vieira Lima que recentemente foi preso. Finalizando o mandato do ex-presidente Lula, entre 31 de março de 2010 e 31 de dezembro, que comandou aquele órgão foi o também baiano João Santana que não incluiu a cidade de Elesbão Veloso como várias outras.

Já no governo Dilma Rousseff, o ministério foi ocupado por quatro pessoas sendo três nordestinos e um mineiro, sendo este indicado pelo senador piauiense Ciro Nogueira, que ocupou a pasta por mais 15 meses e não fez o que o atual ministro Helder Barbalho do estado Pará fez na última sexta-feira (28). Confira a lista de ministro da Integração Nacional.


Ciro Gomes – CEARÁ
Pedro Brito – CEARÁ
Geddel Vieira Lima – BAHIA
João Santana – BAHIA
Fernando Bezerra Coelho – PERNAMBUCO
Francisco Teixeira – CEARÁ
Gilberto Occhi – MINEIRO (INDICADO PELO SENADOR CIRO NOGUEIRA)
Josélio de Andrade Moura – BAIANO
Helder Barbalho – PARÁ

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *