Chikungunya segue "atormentando" em Elesbão

Somente em uma rua do bairro de Fátima, na Padre Leonel França, 16 pessoas garantem que tiveram a doença causada por vírus, provocado pelo mosquito Aedes Aegypti;  houve casos de internação. Há doentes também nos outros bairros da cidade, com destaques para Matias e Piçarra. Elesbão Veloso enfrenta um surto da doença desde o último mês de junho. Há dezenas de casos suspeitos e confirmados de chikungunya, após testes laboratoriais. (Por: José Loiola Neto)



Postagem anterior
Próxima postagem
Notícias Relacionadas

0 comentários: