Secretaria de Assistência Social informa que faz o possível para ajudar os mais carentes do município. Veja a nota

Referente a nota publica: Com energia elétrica cortada em casa e sem benefício da previdência, seu Gilmar Ribeiro pede ajuda a comunidade. A Secretaria Municipal de Assistência Social, enviou nota sobre o caso informado que dentro da legalidade e o que é permitido pela lei, faz o possível, inclusive acompanhando rotineiramente o caso do senhor Gilmar Ribeiro. Veja nota abaixo.

O Sr. Gilmar é acompanhando pela equipe Psicossocial do Centro de Referencia de Assistência Social - CREAS desde julho de 2014, de acordo com relatórios.

Vale ressaltar que:

  • Não é aposentado por não ter 60 anos de idade;
  • Não foi concedido o Benefício de prestação continuada-BPC/LOAS, por não ter comprovado a deficiência, conforme critérios exigidos;
  • É beneficiário do Programa Bolsa Família, o qual recebe uma quantia de R$ 85;
  • Recebe visitas da equipe técnica (Assitente Social) do CRAS constantemente, sendo que no dia 28 de julho do corrente ano a equipe fez entrega de 01 (uma) cesta básica, data que aconteceu a publicação.
  • O usuário não recebe auxilio financeiro por não possuir conta bancaria.
  • Os débitos referente às despesas dos serviços da Eletrobrás, não agrega aos padrões de redução da tarifa, apresentado valores superiores.


É lamentável a situação de vulnerabilidade social dele e de muitos outros, infelizmente é uma realidade. O benefício eventual é de uma modalidade provisória de proteção social básica de caráter suplementar e temporário que integra organicamente as  garantias do Sistema Único de Assistencial Social - SUAS. Portanto no âmbito da Assistencial Social podemos auxiliar na manutenção da sobrevivência, ressaltando que conforme previsto em lei, não podemos arcar de forma continua todas as necessidades advindas da situação de vulnerabilidade do caso em questão, é concedido de forma provisoria cestas básicas e outros auxílios.

Postagem anterior
Próxima postagem
Notícias Relacionadas

0 comentários: