DESTAQUES DO DIA: assuntos mais importantes nos jornais que circulam neste domingo, 30 de julho 2017

Forças Armadas no Rio de Janeiro


Por: José Loiola Neto/Elesbão News

NACIONAIS
>> Após pressão de produtores, governo Temer reduz reajuste da alíquota de PIS/COFINS sobre o etanol. Em vez do combustível ficar 32 centavos mais caro por litro, a alta será agora de 24 centavos.

>> Presidente da Câmara Rodrigo Maia garante: haverá quórum para votar a denúncia contra Michel Temer no próximo 2/8. Peemedebistas adotam discurso diferente e negocia nos bastidores uma data alternativa para sessão.

>> Supremo Tribunal Federal adia análise sobre pedido do PT contra a alta dos combustíveis. Plantonista durante o recesso, a presidente Carmem Lúcia deixou a decisão para a relatora do caso, a ministra Rosa Webber, que volta das férias na terça.

>> PF marca interrogatório  do ex-presidente da Petrobras e do Banco do Brasil Aldemir Bendine para a próxima segunda-feira, dia 31/7. Ele foi preso temporariamente na “Operação Cobra” suspeito de receber R$ 3 milhões em propina da Odebrecht.

>> PSD entra na luta pelo comando do Ministério das Cidades, atualmente nas mãos do tucano Bruno Araújo. Partido reclama da falta de capilaridade política no Ministério da Ciência, comandado por Gilberto Kassab, um dos fundadores da sigla.

>> Ex-presidente Lula e o juiz Sérgio Moro ficarão frente e frente no dia 13/9. Interrogatório faz parte do processo em que o petista é reu, suspeito de receber benesses da Odebrecht, como um terreno para o Instituto Lula.

>> Federação Nacional dos Policiais Federais pede para que ministro da justiça reveja os cortes no orçamento. Torquatro Jardim afirmou que o contingenciamento de recursos pode afetar investigações inclusive da Lava Jato.

>> Levantamento revela que petistas e Jair Bolsonaro são os políticos que mais geram engajamento nas redes sociais. Ranking coloca Lindberg Farias em primeiro e Gleissi Hoffmann na 3ª posião; Bolsonaro é o vice-líder.

>> Governo Temer autoriza o uso das Forças Armadas no Rio de Janeiro. Tropas federais já começaram  a atuar desde a última sexta-feira na capital fluminense e a previsão é de que fique no estado o fim do ano.

>> Contas do setor público tem rombo recorde de R$ 35 bilhões no primeiro semestre e aumenta o desafio do governo para cumprir a meta fiscal. Este foi o pior resultado do indicador para o período desde o início da série histórica do BC em dezembro de 2001.

>> Comandante do Exército brasileiro afirma que saída da crise deve vir da eleição de 2018. General Eduardo Vilas Boas descarta com veemência uma intervenção militar e defende que uma solução para o país passe pelas mãos do povo.

>> Ex-presidente Dilma Rousseff presta depoimento a justiça e diz que Gleissi Hoffmann é inocente. Petista foi arrolada como testemunha de defesa da senadora em processo que investiga o repasse de R$ 1 milhão para campanha de 2010.

>> Governo Federal anuncia antecipação do 13º salário para aposentados e pensionistas. Primeira parcela do benefício será paga em agosto, a segunda fica para novembro.

>> Secretaria de Aviação Civil pretende abrir uma nova licitação pelo Aeroporto de Viracopos ainda neste ano. Afundadas em dívidas, empresas que compõem o consórcio que atualmente é administra o terminal decidiram devolver a concessão ao governo.

>> Agência Nacional de Energia Elétrica-ANEEL anuncia cobrança de taxa extra na conta de luz em agosto. A chamada bandeira vermelha representa um custo adicional de R$ 3,00 a cada 100 kh/h consumidos.

>> Produção do antibiótico Benzetacil é suspensa temporariamente no país. Em nota, laboratório responsável afirma que a medida ocorreu para implantação de melhorias e testes de validação do produto.

>> Um apostador do Rio de Janeiro acertou as seis dezenas do concurso da Mega-Sena deste sábado e vai levar sozinho quase 108 milhões de reais. Este é o terceiro maior valor da história do prêmio, excluídos os resultados da Mega da Virada. Os números sorteados foram 9 – 26 – 29 – 42 – 43 – 45. Mais duzentas e trinta e sete apostas acertaram os cinco números da quina e ganharam mais de 37 mil reais cada uma.

>>  A revista Época desta semana publicou documentos que os delatores da JBS entregarão para a Procuradoria Geral da República. O objetivo é comprovar o pagamento de propina a políticos de vários partidos entre 2006 e 2017. Entre os citados estão o presidente Michel Temer, os ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff e o senador José Serra, que concorreu à Presidência em 2010…

…A revista teve acesso à contabilidade da JBS e, na reportagem, revelou planilhas com pagamentos para campanhas eleitorais em quase dez anos e que seriam propina segundo os delatores. Os valores ultrapassam 1 bilhão de reais.  Os políticos negaram as irregularidades. Todo o material será entregue à procuradoria nas próximas semanas.

MUNDO

>> ONU pressiona o governo da Venezuela a respeitar a população que não quiser participar neste domingo da escolha da Assembleia Constituinte. Cenário é de tensão no país com registro de confrontos entre a oposição e a polícia do presidente Nicolas Maduro.

>> Coreia do Norte anuncia o lançamento bem sucedido de seu segundo míssil balístico intercontinental.

>>  O aiatolá do Irã MOHSEN ARAKI defendeu o regime do ditador sírio, Bashar al-Assad, num evento sobre terrorismo realizado hoje em São Paulo. Para o clérigo, o governo está protegendo o povo sírio. ARAKI afirmou que os americanos patrocinam os grupos terroristas. De acordo com ele, os Estados Unidos promovem desavenças no Oriente Médio e distribuem armas.

ESPORTES
>> Corinthians recebe o Flamengo neste domingo para manter distância de oito pontos para o segundo colocado no Campeonato Brasileiro. Equipe de Parque São Jorge terá dois desfalques, o meia Jadson e o atacante paraguaio  Romero.

>> Santos se encontra em Porto Alegre, onde enfrentará o Grêmio em jogo marcado para às 19h deste domingo, e que vale a vice-liderança. Peixe vive dias agitados nos bastidores com a tentativa de anulação de jogo com o Flamengo pela Copa do Brasil.

>> Felipe Melo é afastado do Palmeiras por Cuca e não está descartada saída do volante, que realizou apenas cinco partidas no brasileirão, podendo atuar por outra equipe.