VACINAS: atualização de cadernetas termina nesta sexta(22); enfermeiro Getúlio Portela diz que não há problemas em Elesbão Veloso.

quarta-feira, 20 de setembro de 2017

VACINAS: atualização de cadernetas termina nesta sexta(22); enfermeiro Getúlio Portela diz que não há problemas em Elesbão Veloso.

Atualização de vacinas. Imagem(divulgação)

Por José Loiola Neto/Saúde em Elesbão

Acompanhando o cronograma nacional, por meio do Ministério da Saúde, a Secretaria de Saúde Elesbão Veloso desenvolve até esta sexta-feira, dia 22/9, a campanha de multi-vacinação, que na prática nada mais é do que a etapa de atualização vacinal das crianças e adolescentes.

Ouvido pela Eldorado FM, Getúlio Portela, coordenador do setor de vacinação junto a Secretaria de Saúde disse que não há cidade maiores problemas no tocante a atualização vacinal em Elesbão Veloso, mesmo assim, é os pais comparecerem aos postos com as crianças, mesmo que ache que o cartão esteja atualizado para tomar as doses da vaina, para que não corra risco de haver o ressurgimentos de doenças consideradas erradicadas.

Enfermeiro Getúlio Portela durante evento no Ceep Benedito Leal. Foto: José Loiola Neto
- Todos os anos o Ministério da Saúde realiza essa campanha com a finalidade de atualizar os cartões de vacina que por algum motivo deixaram de ser atualizados. Mesmo que ache que esteja atualizado não deixe de vir porque houve mudanças e a gente precisa atualizar os cartões.

O Dia D de vacinação aconteceu no último sábado, dia 16/9, na sala de vacinação do Hospital Norberto Moura, oportunidade em que esteve sendo atendidos meninos e meninas com idade entre 0 e 15 anos de idade.

Getúlio Portela disse que essa campanha contempla todas a vacinas que fazem parte do calendário nacional de imunização desde Hepatites A e B, penta valente, a pneumocócica, meningocócica, febre amarela, tríplice viral e HPV.

- Com relação o HPV e a gente já realizou campanhas e no momento não existe mais, nesse instante é apenas atualização do cartão. O HPV é feito uma rotina normalmente para meninos e meninas; as meninas até os 14 anos de idade e os meninos também. As meninas a partir dos 9 anos.

Essa vacina contra o HPV, o enfermeiro disse que é aguardada a chegada de novas doses proveniente da Regional de Saúde em Valença do Piauí porque segundo Getúlio, havia um estoque liberado para meninas(os) com idade entre 15 anos a 26 anos.

- Tínhamos 60 doses, foram todas aplicadas e para estas pessoas estão garantidas a segunda dose.

Nenhum comentário:

Postar um comentário