Djalma Lima Verde(1935-2017) confira um pouco da história do médico da Meternidade Dona Evangelina Rosa e dono da Fazenda Santa Teresa em Elesbão Veloso.

terça-feira, 2 de janeiro de 2018

Djalma Lima Verde(1935-2017) confira um pouco da história do médico da Meternidade Dona Evangelina Rosa e dono da Fazenda Santa Teresa em Elesbão Veloso.

Dr Djalma Lima Verde em momento de lazer no litoral piauiense. Foto: álbum da família. 
 

Por José Carlos Nogueira e Edvar Santos Lima Verde Filho- VAVÁ
 

DR JOSÉ CARLOS

Djalma Santos Lima Verde, nascido a 01 de março de 1935, no então povoado Mocambo, município de Aroazes-PI(terra da mãe dele-- dona Isabel), é um dos filhos do casal Moisés Lima Verde e Isabel Santos Lima Verde. Dr Djalma faleceu em sua residência, em Teresina-Pi, no último dia 11 de dezembro/2017.

Tinha como irmãos Edvar Lima Verde(in memória), dona Nildes(in memória), dona Paizinha do Mundoquinho(in memória) José Lima Verde.

Era casado com dona Maria Francisca Pereira Lima. Deixou três filhos, 8 netos, dois bisnetos, dois genros, duas noras.

Atuou como médico da Maternidade Dona Evangelina Rosa até 2013, meses antes de adoecer e não mais voltar a ativa, pois ficou desde então, acamado. Dr Djalma era aposentado pelo Instituto Nacional de Assistência Médica da Previdência Social- INAMPS.

Se formou no Recife, era proprietário da Fazenda Santa Tereza, localizada às margens da rodovia estadual PI-224 a cerca de 16km de Elesbão Veloso, possuía também algumas hectares no Baixão.

PROFESSOR VAVÁ

O tio Djalma foi aprovado de uma vez só em dois vestibulares para medicina pela Universidade Federal de Pernambuco-UFPE  e Universidade Católica de Pernambuco-UC-PE, mas optou pela federal. Trabalhou em um Hospital Penitenciário no Recife, o qual ficava ao lado do Estádio Aflitos, do Náutico Capiberibe. Suas paixões futebolísticas eram Náutico-PE e Vasco da Gama-RJ.

- Minha influência futebolística em relação ao Vasco da Gama foi dele, de quem sou sobrinho e afilhado. Torço pelo Vasco e Náutico justamente por causa dele, além disso, realizou o parto na minha minha mãe(dona Rosa Veras) para meu nascimento., Vavá

Meu tio Djalma era um grande desportista, não perdia um jogo do Vascão. Ele era um homem que gostava muito de História. Além de ter cursado medicina, era um historiador, acompanhava a geopolítica mundial. As suas paixões eram futebol, história, política, música e agropecuária.

Dentre as várias amizades que mantinha em Elesbão Veloso, posso dizer que ele falava bastante no senhor José Loiola, tudo porque Seu Zé Loiola sempre dizia que Edvar, Zé Lima Verde e Djalma nunca foram meninos.

Quando ele retornou ao Piauí ele casou com a filha do então prefeito de Teresina entre 1962-1964, o senhor Hugo Bastos, sogro do Dr Djalma e Dr Fanco Moura, este filho de Dona Jovina e Augusto Moura. A esposa de Djalma-- dona Teresa é irmã de dona Rosário, esposa de Fanco.

Dr Djalma Lima Verde poderia ter sido prefeiro da capital piauiense com apoio do sogro, as preferiu fazer carreira política em Elesbão Veloso, onde foi vice-prefeito na chapa encabeçada pelo prefeito Dezinho Moura, em 1992.


* José Carlos Nogueira é engenheiro civil, genro de Dr Djalma Lima Verde.

* Edvar Santos Lima Verde Filho- VAVÁ, é professor de Geografia nas redes pública e privada em Teresina, sobrinho e afilhado de Dr Djalma.

Nenhum comentário:

Postar um comentário