PERDA: Seu Valdir Soares que trabalhou no CRE morre aos 68 anos em Elesbão Veloso

quinta-feira, 8 de fevereiro de 2018

PERDA: Seu Valdir Soares que trabalhou no CRE morre aos 68 anos em Elesbão Veloso

Seu Valdir morreu aos 68 anos

Por José Loiola Neto/Destaques de Elesbão Veloso

Aos 68 anos, faleceu no começo da noite de ontem quarta-feira(7/2/18) em Elesbão Veloso, vitimado por um infarto, o aposentado Valdir Soares da Silva.

Seu Valdir, conhecido em Elesbão Veloso por seu trabalho no Clube Recreativo Elesbonense-CRE, vendendo fichas em festas ou como balconista do bar do CRE, passou mal enquanto trabalhava no Comercial do Seu Juarez Rodrigues.

Ainda foi socorrido e levado ao Hospital Norberto Moura onde ainda recebeu os primeiros socorros mas não resistiu e veio a óbito.

A morte repentina de Seu Valdir, cidadão pacato e bom pai de família pegou a muitos de surpresa. O primo dele, Gonçalo Oliveira, que mora em São Paulo se emocionou ao saber a notícia.

Seu Valdir deixa a esposa-- dona Maria Lindalva; os filhos-- Edvalda, Edilson, Eliadiane e Eloides e netos.
Corpo foi velado em sua residência situada à Rua Piauí, próximo a capelinha de Nossa Senhora de Fátima, no bairro de Fátima e o sepultamento ocorreu durante a manhã de hoje no povoado Capim Pubo.

Valdir Soares da Silva

Nasceu: 11 de janeiro 1950

Faleceu: 07 de fevereiro 2018

Nenhum comentário:

Postar um comentário