Um ano e três meses sem o mototaxista Zé Augusto, degolado com golpe no pescoço na zona rural de Elesbão Veloso

quarta-feira, 28 de fevereiro de 2018

Um ano e três meses sem o mototaxista Zé Augusto, degolado com golpe no pescoço na zona rural de Elesbão Veloso



Por José Loiola Neto/Destaques de Elesbão Veloso- Policia

Hoje, dia 28 de fevereiro completam-se um ano e três meses do bárbaro assassinato do mototaxista José Augusto Lopes por um desconhecido que solicitou uma corrida no terminal rodoviário e com requintes de crueldade degolou com um profundo golpe no pescoço de José Augusto, figura um tanto conhecida na cidade. O fato ocorreu em um trecho de estrada de terra próximo a Gameleira, zona rural do município.

Naquela mesma tarde de segunda-feira, 28/11/2016, o criminoso tomou rumo ignorado na motocicleta da vítima, dessa maneira, a polícia trabalha com a hipótese de latrocínio. Em abril do ano passado, a moto foi recuperada na região de Picos, o veículo estava em poder de dois sujeitos, presos na oportunidade. O autor do crime, entretanto segue foragido.

Enquanto isso, familiares de Zé Augusto, que à época estava com apenas 35 anos seguem a mercê de uma resposta. A polícia garante que caso não foi encerrado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário