Delegado Odilo Sena fala sobre curso para policiais civis do Piauí, no RJ: "Algo pioneiro"

sábado, 17 de março de 2018

Delegado Odilo Sena fala sobre curso para policiais civis do Piauí, no RJ: "Algo pioneiro"

Delegado Odilo Sena durante curso no Rio de Janeiro

Por José Loiola Neto/Destaques de Elesbão Veloso

Em contato com nossa reportagem, o delegado Odilo Sena, que já esteve a frente da Delegacia de polícia de Elesbão Veloso entre 2011 e 2014, falou a respeito da sua participação em curso direcionado a policiais civis do Piauí e que ora acontece no Rio de Janeiro.

Segundo Sena, 42 anos, completados no último dia 5/3, se trata do primeiro curso de Operações Táticas Especiais, sendo esta, a primeira turma formada por policiais civis do Piauí, e com prazo de aproximadamente dois meses.

- É um curso extremamente importante, é algo pioneiro na polícia do Piauí, nós fazemos parte da coordenação, na minha pessoa especificamente eu tenho ligação com a logística do curso que visa preparar uma unidade especial de combate a incursão dentro de favelas, contra assaltos a bancos.

Odilo acrescentou que em essência o curso é uma forma precisa de combate a crimes que envolva extrema violência, e veio em momento importante, na medida em que a Policia Civil do Estado do Piauí não detinha esse know-how e hoje por meio da iniciativa está sendo formada uma turma de aproximadamente 22 indivíduos que tem relação com vários estados do país.

- Esse curso contou as participações dos estados da Bahia, Goiás, Maranhão e por derradeiro o Rio de Janeiro, sem falar de instrutores que vem de outros estados como Paraná, Mato Grosso dentre outros.

O delegado considerou que com o feito alcançado a Policia Civil do Piauí está de parabéns, a sociedade piauiense por consequência ganha um suporte de proteção. No geral, se trata de um curso inovador desenvolvido com ações táticas operacionais, sendo considerado o melhor curso já desenvolvido por uma policia estadual.

Para Odilo, o mérito pelo feito que se alcança é da academia da PC do Piauí, dos professores da academia e coordenadores e dos que se propuseram a ajudar, incluindo o secretário de segurança, delegado geral.

- Foi uma honra estar participando, colaborando com este curso. A gente conseguiu uma aeronave da FAB, algo dificílimo, mas conseguimos para abrilhantar ainda mais o curso juntamente com a polícia do Rio de Janeiro. Sem sombra de dúvidas os melhores do Brasil, mediante aqui a realidade deles diante de tudo o que acontece no estado e se Deus quiser não vai acontecer conosco ai no Piauí.

Um comentário: