DIREITOS AUTORAIS

header ads

Atacante Pantico, ex-Ríver e Paysandu traça planos e almeja chegar a presidência da FFP.

Atacante Pantico em entrevista ao GIRA BOLA: desabafo sobre a Copa Sertão e FFP
Por José Loiola Neto/Plantão esportivo

Um dos bons atacantes do futebol piauiense--Francisco das Chagas Rodrigues Batista, o PANTICO, que enquanto profissional atuou por mais 30 equipes esteve em Elesbão Veloso há pouco mais de uma semana, oportunidade em que participou dos Jogos da Solidariedade em prol da saúde da mãe do atacante Washinton da Rua do Fio. Ela vem realizando tratamento contra um câncer de mama.

Atualmente com 39 anos(10/12/1980), o veterano, que agora como amador vem defendendo as cores do Tanque FC na Copa Sertão 2019/2020 falou ao GIRA BOLA sobre os mais variados assuntos relacionados ao esporte, e entre outras coisas relembrou sua carreira pelos gramados do Brasil, expôs que o Piauí tem potencial no futebol, no entanto falta reconhecimento da Federação de Futebol do Piauí-FFP.

A FFP aliás é um sonho que pretende alcançar, por isso, garante que ainda não desistiu da meta de ser presidente da mentora. Por outro lado, PANTICO teceu críticas a Copa Sertão, torneio o qual vem disputando e vestindo a camisa do Tanque FC.
Ao final, o jogador deixa um recado aos jovens que sonham em chegar ao topo do futebol enquanto profissional. Leia abaixo, os principais trechos da entrevista:

MOTIVAÇÃO PARA JOGAR FUTEBOL COM QUASE 4.0
- O que mais motiva é vê e eu sempre tive a esperança que a nossa região fosse bem vista. Infelizmente nós temos algumas pessoas da cabeça pequena que tendem a dizer que a nossa região é debilitada, eu não acredito nisso, daqui da nossa região sai os melhores jogadores do Piauí, da nossa região tem jogadores em grandes clubes, somos celeiro e merecemos respeito, precisamos que voltem o olhar para nós com ajuda dos que fazem a Federação(de Futebol do Piauí). Uma praça de esportes como Valença e Elesbão Veloso distante apenas 54 km com a ajuda da FFP era possível formar um time para está brigando no campeonato piauiense, mas hoje, infelizmente eles não vê desse jeito.

MOTIVO PARA FALTA DE ATENÇÃO DA FFP
- Porque dentro da FFP só tem Ríver, Flamengo e Piauí. Quando a Maria Baldoino era presidente de Picos, o futebol de Oeiras, Picos e Cori-Sabbá era forte, ai ela deixou de existir ai eles colocaram a cúpula deles e acha que só existe capital, mas sabendo eles que todos os times da capital tem um dois ou três da nossa região, então isso mostra que é daqui que fazemos o esporte, então porque não olhar para cá?

PLANOS FORA DE CAMPO
- Eu tenho pretensões. Eu sempre deixei bem claro que a briga pela Federação Piauiense não vai acabar até que eu coloque meus projetos em dia. Eu tenho o meu projeto de escolinha e ela está ampliada nas cidades vizinhas, é um passo e um plano fundamental para tentar esclarecer as pessoas que o futebol precisa de uma base e o nosso objetivo é incutir isso em todos os clubes para que tragam menos jogadores de fora e exportem mais jogadores nossos.

META CUMPRIDA ENQUANTO PROFISSIONAL
- Eu cumpri. Tive 22 anos de carreira, 32 equipes, dentre elas Série A e Série B, disputei Libertadores, morei fora do Brasil, então eu tenho um amplitude e a certeza de dizer: 'eu fiz o que era para ter sido feito ou que deu para mim fazer' dentro das condições dos clubes em que passei e joguei. Digo para você hoje: 'estou muito satisfeito por minha carreira e por ser conhecido em qualquer lugar que eu chegue.

O DESTINO POR TER SIDO JOGADOR PROFISSIONAL
- Nunca pensei. Foi por uma necessidade de ajudar a família e acabei gostando e me apaixonando, por isso que faço até hoje.

CRÍTICAS A COPA SERTÃO
- A Copa Sertão foi uma negação. Essa é a minha opinião. Acho que o Bitta(Sports) foi passando as competições e ele foi se perdendo ao longo do tempo e ele não cresceu como a competição exigiu dele e ele acabou provando agora que ele estava incapaz de comandar uma competição, porque você sabe que uma cabeça pensa, mas se ela tiver um, duas ou três que pensem juntas se torna mais fácil e ele nunca aceitou que do lado dele tivessem três ou quatro pessoas que pensassem juntas a ele para que se tivesse um bom futebol. São pessoas para somar. Para se ter uma ideia, o Tanque está com dois meses que jogou e vai jogar provavelmente apenas no final de março. Foi uma competição que não teve um calendário feito por ele Bitta, que sabia que não teria condições de organizar isso tudo. A gente conversa tem uma ligação e essa crítica que faço aqui faço para ele: 'Bitta quando você se propõe a fazer uma coisa tem que ter pessoas capacitadas para estar do seu lado'. Acho que a Copa Sertão deu uma estagnada nos últimos três anos.

CONSELHO AOS MAIS JOVENS
- Primeiro é luta. Tem que lutar bastante. O segundo é sonhos. E o terceiro é humildade. Se não tive humildade não chega alugar nenhum. A gente sabe que no meio do caminho vamos encontrar pedras, morros, mas eu acho que o guerreiro que é guerreiro tem que pensar na vitória, porque a derrota e empecilhos você vai acordar ou dormir tendo ou sabendo que seu colega ou familiar vai passar, então você tem que está forte sempre com bastante humildade e Deus no coração para que você consiga vencer.

Postar um comentário

0 Comentários