DE OLHO NA LÍNGUA - Dicas de português do Prof. Antônio da Costa de Sobral-CE - Sábado - 25.01.2020)

Bater a porta / Bater na porta / Bater à porta (de)
Quando alguém fecha uma porta geralmente com ímpeto, força ou violência, dizemos que a pessoa “bateu a porta”: Ao sair, bata a porta; Evite bater a porta do táxi.

Se batemos na porta, estamos dando pancadas nela. Ex.: “Abra essa porta, Thomas, e venha limpar a sujeira que você fez no chão. - Ela bateu forte na porta, gritando. - Abre que eu estou mandando. (Sônia Rodrigues – Fronteiras).

Já a expressão “bater à porta” significa as batidas leves na porta, para fazer barulho (com os nossos dedos ou com uma aldraba, por exemplo) ou bater palmas diante da porta para que abram ou atendam. Bater à porta (de alguém) quer dizer, por metonímia, solicitar ajuda a uma pessoa ou procurá-la para pedir algo.

Estamos cientes /Estamos ciente
Estamos ciente. Nesta frase, o sujeito é da primeira pessoa do plural (nós) e o predicativo é usado no singular, porque de uma pessoa. É o que se chama de “plural de modéstia”. Em vez de o verbo ser usado na primeira pessoa do singular, é usado na primeira pessoa do plural.

Muito empregado por escritores e oradores, principalmente políticos, para evitar o tom individualista (autoritário) no discurso, expressando uma fala coletiva. O plural de modéstia é uma de simulação da pessoa que está falando.

Não querendo transparecer autoridade, usa o plural “nós” em vez do autoritário “eu estou fazendo isso”, “eu estou dizendo isso”, Afinal, é uma hipocrisia no discurso, principalmente dos políticos.

Um bacanal ou uma bacanal?
O substantivo bacanal é do gênero feminino, podendo ser usado no plural com o significado de “festa religiosa celebrada entre os romanos, em homenagem a Baco, deus do vinho”. Passou a designar também “festa em que há desregramento moral; orgia.

Ex.: “Vieram umas moças, dançaram a noite toda, caíram na piscina - Uma bacanal bem comportada, de gente rica, para comemorar os 15 anos de um sujeito que tinha tudo na vida”. (Carlos Heitor Cony - O irmão que tu me deste).

Bem-acabado ou bem acabado?
A primeira. Escreve-se com hífen este adjetivo, que significa feito com esmero, bem-feito. Plural: bem-acabados; Antônimo mal-acabado.

Biópsia / biópsia
Ambas as formas estão corretas e registradas no Vocabulário da Academia - o Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa (VOLP). A forma biópsia é a mais corrente.

Biotipo / biótipo
Ambas as formas estão corretas e registradas no Vocabulário da Academia (VOLP).

Bile / Bílis
Podemos dizer “a bile” (substantivo feminino) ou “a bílis” (substantivo de dois números). Ambas as formas estão corretas e registradas no Vocabulário da Academia (VOLP).

Ex.: Quebraram muros /beberam absinto /vomitar a bile /no meu coração (Vinícius de Moraes - Sombra e Luz – Poemas, sonetos e baladas in “Vinícius de Moraes - Obra Reunida”).

Orégano /orégão
Ambas as formas estão corretas e registradas no Vocabulário da Academia (VOLP).

(*) Graduado em Letras Plenas, com Especialização em Língua Portuguesa e Literatura, na Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA). É, também, funcionário do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) de Sobral (CE). Contatos: (88) 99868-2517 e (88) 98141-2183.

Postar um comentário

0 Comentários