REVISTAS SEMANAIS- Destaques de capa das revistas brasileiras que chegam às bancas e residências neste final de semana- sábado, 07/03/2020

Capa Veja Edição 2.677
ÉPOCA Edição 1.131

Capa- 2019, MAIS UM ANO DE PIBINHO

Dados da economia, mais uma vez, decepcionam e analistas já reduzem previsões de crescimento para 2020 com o coronavírus

O coronavírus pode ser o novo Brumadinho, a nova greve dos caminhoneiros, o novo Joesley Batista. Nos últimos anos, o Brasil foi acumulando causas inesperadas para derrubar expectativas de crescimento econômico que já eram modestas. A verdade é que, depois de sair da maior recessão da história há três anos, o país parece travado em um crescimento em torno de 1%, um ritmo típico de tartaruga. Foi assim em 2017, 2018, 2019... E há o risco de ser assim em 2020. E MAIS...

>> JOE SONOLENTO OU BERNIE LOUCO?
Os Democratas estão divididos sobre qual será o melhor candidato para desbancar Donald Trump da Casa Branca em novembro.

>> OS EFEITOS DE UMA VIDA CADA VEZ MAIS SONORA
Com a popularização dos smartphones e das plataformas de streaming, o número de horas que as pessoas passam escutando música deu um salto — e isso tem impactos no funcionamento do cérebro.

>> 'NÃO TER UM CORPO É PIOR QUE TER', DIZ PAI À PROCURA DE FILHO PERDIDO DURANTE TEMPESTADE NO RIO
A odisseia de Josenaldo Silva e um grupo de amigos por galerias fluviais para encontrar Alexandre da Silva, que sumiu há um mês

>> A AMAZÔNIA PRECISA DE PADRES CASADOS
O problema fundamental é a escassez de vocações para satisfazer as necessidades espirituais de uma região enorme
---------------------
VEJA Edição 2.677

Reportagem de capa: O drama dos brasileiros barrados pela nova política de imigração de Trump

Bate recorde o número de pessoas presas na fronteira ou despachadas em voos de volta para casa, como o que chegou hoje em Belo Horizonte. E MAIS..

>> Economia- Se o Brasil crescer pouco em 2020, a culpa não será apenas do coronavírus

>> Perfil: Único Sarney com cargo eletivo, Adriano flerta com bolsonarismo

>> Sexo: As sex shops mudam de perfil e agora atraem mais mulheres que homens

>> Ambiente: Os hipopótamos de Pablo Escobar incomodam muita gente

>> Espaço: Como as revelações sobre o lado escuro da Lua podem iluminar passado da Terra
----------------------
ISTOÉ Edição  2.617

Capa- Fé, Deus e o Planalto

Afronta ao Estado laico

Se pudesse, o presidente Jair Bolsonaro substituiria, sem pestanejar, a Constituição pela Bíblia. Apesar de dizer que o Estado é laico, mas ele é cristão, a prática do seu governo desmente essa distinção. A laicidade do Estado nunca esteve tão ameaçada de retrocesso desde os primórdios da República, como na sua gestão. As duas esferas, a religiosa e a estatal, estão cada vez mais misturadas e o que o presidente faz é governar para tornar ainda mais tênue essa separação, que, para o bem da democracia, deveria ser respeitada como uma espécie de cláusula pétrea. Em vez disso, em nome de Jesus, Bolsonaro vai colocando seus irmãos de fé nos cargos de poder e botando suas vontades moralistas em prática. O proselitismo religioso evangélico e o messianismo invadiram a máquina estatal e passaram a contaminar as políticas públicas.

Postar um comentário

0 Comentários