DIREITOS AUTORAIS

header ads

REVISTAS SEMANAIS- Destaques de capa das revistas brasileiras que chegam às bancas e residências dos assinantes neste final de semana. Sábado, 11/04/2020






ISTOÉ Edição  2.622
Capa- Mandetta venceu

A República triunfou

Luiz Henrique Mandetta tornou-se o pivô da maior crise já enfrentada pelo governo Bolsonaro. O presidente tentou demiti-lo na segunda-feira, 6. Mas, ao invés de sair, ele recebeu o apoio do Congresso, do Judiciário, do núcleo militar do Planalto e dos principais ministros. Num cordão de isolamento histórico que redesenhou o quadro político em Brasília, saiu fortalecido e o presidente perdeu ainda mais a sustentabilidade. E MAIS


PANDEMIA * 2020

>> Escolas, e agora?
Na área da educação, o distanciamento social, mais que necessário para conter a disseminação do novo coronavírus, cobra um preço muito alto dos alunos, dos pais e dos responsáveis pelas instituições de ensino, sejam elas privadas ou públicas. Faça-se a ressalva, no entanto, que por mais complicada que a situação tenha ficado, ela é irrisória diante da prioridade de salvar vidas. Em São Paulo, por exemplo, o colégio Piaget é um entre as tantas escolas particulares que optaram pelo método de aulas online, na ausência das presenciais, com o conteúdo didático sendo repas-sado via tecnologia. 

 >> A xenofobia contra os chineses
Postagens ofensivas de ministros do governo e declarações agressivas dos filhos do presidente expõem a orientação ideológica errática da diplomacia brasileira: relações comerciais com a China estão em risco

 >> Um ditador de ocasião
Por que o combate a Covid-19 virou pretexto para o primeiro-ministro da Hungria, Viktor Orbán, tomar medidas arbitrárias que lhe permitiram fechar o Parlamento

 >> A cabeça de Bolsonaro
Os atos e as falas do presidente podem ser sinais de transtorno narcísico e lógica delirante. Mais grave, segundo a literatura médica, é a possível falta de empatia. Mas isso não o exime de responsabilidade. Ele sabe o que faz

 >> O Brasil tenta respirar
Entre novos aparelhos e equipamentos em manutenção, País precisa de 15 mil ventiladores pulmonares para combater a pandemia

>> Esperança de cura
Estamos todos na corda bamba. Com a pandemia, o medo da morte voltou a ser um sentimento social imediato e baseado na realidade. O risco de ser infectado pelo coronavírus e tornar-se um caso grave ou de ver seu semelhante doente traz grande insegurança e expõe a fragilidade humana. De uma hora para outra, todos se tornaram iguais diante da ameaça da enfermidade. 
-----------------
VEJA  Edição 2.682

Reportagem de capa- Um efeito positivo: na pandemia, o obscurantismo começa a perder terreno

O discurso de ódio e das 'fake news' vem cedendo lugar a decisões baseadas no bom senso, no equilíbrio e na ciência

>> O coronavírus é um inimigo que Bolsonaro não pode acusar de falsear a verdade

>> Saúde- A cloroquina se transforma em instrumento de guerra ideológica entre esquerda e direita

>> Comportamento- Luto pela metade: o vírus extingue ritos e torna a despedida mais dolorosa

>> Sociedade- Lava roupa todo dia: famílias encaram a vida sem empregada

>> Tecnologia- Isolados, crianças e jovens recorrem a games que imitam a vida real

>> Música na internet- As lives abrem nova fronteira para a indústria do entretenimento

PÁGINAS AMARELAS
>> Entrevista- Marcelo Adnet revela ter sofrido abuso sexual na infância: 'Fica o trauma'
'Hoje, já falo de maneira natural porque entendi, após anos de análise, que o constrangimento não é meu, e sim de quem me agrediu', afirma o comediante

>> Crise- Rubens Ometto: 'Se tudo parar, nem álcool em gel será produzido'
Em meio à polarização sobre priorizar a saúde ou a economia, o empresário pede saída de curto prazo contra a recessão

>> Brasil- Wilson Witzel, governador do RJ: 'Não há diálogo com Bolsonaro'
O político, que se elegeu sob a alcunha 'Bolsowitzel', dispara contra a lentidão de Brasília no combate ao vírus
------------------
ÉPOCA Edição 1.136

Capa- A CALMA DO JAPÃO DIANTE DA CRISE DO CORONAVÍRUS
O que explica os 82 dias para decretar isolamento depois do primeiro caso no país: tradição milenar, hábitos saudáveis — ou risco calculado?. E MAIS...

>> DA ESPLANADA AO SUPREMO, OS NOMES DO CORDÃO SANITÁRIO FEITO PARA ESTERILIZAR BOLSONARO
Quem é o grupo político que se formou para tentar apagar as sucessivas crises no Palácio do Planalto durante a pandemia

>> DEZ PERGUNTAS SOBRE O CORONAVÍRUS PARA STANLEY PLOTKIN, INVENTOR DA VACINA CONTRA A RUBÉOLA
Pesquisador americano, que concluiu tratamento em 1964, auxilia no desenvolvimento de imunização contra a Covid-19 e diz ser possível ter uma resposta sobre sua eficácia até o final deste ano

>> A VOLTA DOS SABIÁS DA CRÔNICA
Obra inédita reúne textos do time dos sonhos do Rio de Janeiro, que frequentava a casa de Rubem Braga no final dos anos 1960

>> HERÓIS E VIGARISTAS NA PANDEMIA
Cada vez que vejo Trump ou Bolsonaro na televisão, atrapalhando tudo, fico revoltado. Mas, quando penso nos esforços silenciosos de milhões de pessoas comuns, renasce a semente da esperança

Postar um comentário

0 Comentários