NÃO FOI COVID: Elesbonense João Batista sofreu parada cardiorrespiratória, aponta laudo.

João Batista testou negativo pára COVID-19 e morreu em face a duas paradas cardiorrespiratórias
Por José Loiola Neto

Em contato com nossa reportagem nessa quinta-feira(2/7), a senhora Luzineide Barbosa, residente em Morrinhos-GO, sendo ela natural de Elesbão Veloso informou que seu irmão, o operador de máquinas João Batista Pereira Rodrigues não morreu de Covid-19, na verdade ele sofreu uma parada cardiorrespiratória, apontou laudo divulgado nessa quinta-feira pela manhã pelo hospital de Rio Verde-GO, o qual João Batista foi atendido sexta-feira passado, dia 26 de Junho 2020, quando veio a óbito. 

- Recebi a ligação do médico. Ele me falou falou que o resultado do exame para COVID deu negativo

Embora tivesse sintomas do novo coronavírus dentre os quais febre, tosse e falta de ar João Batista, que deixara Elesbão Veloso no último dia 16 de Junho para trabalhador como operador de máquinas em serviços de terraplanagem de terrenos para um loteamento naquela cidade goiana,  não testou positivo para a doença. 

- O médico me falou que ele sofreu duas paradas cardiorrespiratórias e não resistiu. 

Diante do cenário que atravessamos por conta da pandemia do novo coronavírus, João Batista, que completaria 33 anos no próximo dia 13 de Julho, conforme sua irmã Luzineide, foi sepultado em um cemitério de Rio Verde, atendendo a protocolo da COVID-19. Ou seja, velório rápido e sepultamento com familiares mantendo o distanciamento. 

Postar um comentário

0 Comentários