Advertisement

Responsive Advertisement

MEMÓRIA ELESBÃO: Há um ano morria Cláudio Bandeira, primeira vítima da Covid-19 em Elesbão Veloso.

Cláudia Bandeira morreu a 11/05/2020

Por José Loiola Neto

E já se passou um ano do primeiro óbito da Covid-19 em Elesbão Veloso. Naquela segunda-feira, numa tarde melancólica em 11/05/2020, após duas semanas internado, morria em Teresina, o comerciário Cláudio Bandeira, aos 36 anos, deixando aos prantos e com muita saudade, pais, esposa, filhos e muitos amigos. 

Dono de jeito irreverente, sorriso fácil, alegria radiante, torcedor do Corinthians, Bandeira nascido a 14/02/1984 tinha dom de conquistar pessoas, o seu ciclo de amizade era enorme não apenas em Elesbão, mas nas comunidades e cidades próximas. 

Ele foi o primeiro caso confirmado da doença e infelizmente a primeira pessoa na cidade a perder a luta para o novo coronavírus.

Para os familiares, não bastasse a dor insuportável de perder o ente-querido, ainda esbarraram na burocracia de não puderem enterrar o corpo na terra em que ele nasceu, sendo assim, Cláudio Bandeira foi sepultado em Teresina. 

Postar um comentário

0 Comentários