Advertisement

Responsive Advertisement

LUTO: Professor Stam Cardoso morre aos 72 anos, em Teresina

Stam Cardoso em foto tirada em 2014. Foto: José Neto(arquivo Elesbão News)

Por José Loiola Neto

Faleceu sexta-feira passada(1º/10) em Teresina, o professor aposentado Krishnamurti Cardoso Mendes de Vasconcelos, o "Stam", aos 72 anos. Há alguns dias ele estava internado, lutando contra uma enfermidade. 

Nascido em Teresina, Stam era um dos filhos da prole do casal Francisca Mendes Loiola(ela natural de Elesbão Veloso) e Oswal Cardoso de Vasconcelos. Era sobrinho do senhor José Loiola Sobrinho, avô deste que escreve. 

Com muito esforço, ele se graduou em Química pela Universidade Federal do Pará(UFPA), dedicou-se muitos anos a educação ministrando aulas na rede pública estadual onde foi professor efetivo e fundou duas escolas de ensino particular em Teresina. 

Constituiu família com esposa, dona Angélica com quem teve 3 filhos que lhes deram 4 netos. O corpo foi sepultado em cemitério da capital piauiense. 

Apaixonado por educação e apaixonado por leitura, Stam falava em escrever um livro contendo um resumo da sua história. 

Recordo que em fevereiro de 2014 em uma de suas vindas a Elesbão Veloso, na oportunidade não por uma causa muito agradável- para o velório e sepultamento do seu tio, o senhor Joaquim Loiola, tive oportunidade de entrevistá-lo.

A este repórter em uma sucinta entrevista foi reconhecedor em dizer que a aposentadoria que obteve junto ao DER e como professor da rede estadual foi por mérito, fruto dos estudos. "Me formei em química industrial em Belém, foi um trabalho árduo visto que anrtigamente era difícil um pobre se formar, hoje as coisas estão mais fáceis, se formam todos", 

Como homem de fé, era um católico fervoroso, participante ativo das celebrações, integrava o terço dos homens e devoto de Santa Cruz dos Milagres, onde costumava visitar todos os anos. 

Krishnamurti Cardoso Mendes de Vasconcelos, "Stam"

Nasceu: 30/10/1948 

Faleceu: 1º/10/2021


Postar um comentário

0 Comentários