Empréstimos consignados; advogado denuncia farra de bancos que se aproveitam da inocência de trabalhadores rurais aposentados

Por José Loiola Neto/Destaques de Elesbão 

O advogado Ícaro Moura disse que a situação do número de empréstimos contraídos por aposentados e pensionistas no Piauí e parte do Maranhão, onde ele atua chega a ser mais que preocupante, visto que a partir de 2003, quando se abriu a oportunidade para que os aposentados pudessem fazer empréstimos consignados, muitos bancos, principalmente os privados tem se aproveitando da situação e prejudicado fortemente a vida dos trabalhadores rurais/aposentados, que muitas vezes por falta de informação tem “fabricado” vários empréstimos sem autorização dos titulares.

– Eu trabalho exclusivamente no Piauí e no Maranhão, presto assessoria a Consulprev junto a sindicatos rurais e a gente vê essa triste realidade. Na verdade, são 70% dos empréstimos consignados feitos hoje por aposentados rurais são resultantes de fraude bancária.

Ao comentar o caso especifico do Piauí no que tange a atual situação do número de empréstimos consignados, Ícaro Moura disse que há muitos bancos, sobretudo privados agindo de má fé, deixando os velhinhos em situação desconfortável.

– Não é à toa que alguns bancos estão ultrapassando a margem de lucro por conta de fraudes em empréstimos consignados.

A ação perversa dessa instituições tem deixado trabalhadores rurais aposentados literalmente com a corda no pescoço, e em Elesbão Veloso, a situação chega ser calamitosa, visto que se nos dias atuais o salário mínimo é de R$ 937,00, há casos em que aposentados estão sacando menos de R$ 100,00, dado o alto número de empréstimos contraídos, muitos deles sem o conhecimento do beneficiário. Para o advogado Ícaro Moura trata-se de um fato preocupante, sendo que é uma realidade que contrasta com que preconiza a lei.

– A lei determina que 30% é uma margem consignável, ou seja, 70% do salário do aposentado rural seria para ele custear sua vida, isso não seria margem para empréstimo consignado, mas o que temos visto é gente com 20, 30 empréstimos, muitos ainda ativos descontando muito além dessa margem de 30%.

Em Amarante-PI, impressionantemente um aposentado chegou a ter 72 empréstimos no seu nome, conforme o advogado. Esse não é um caso isolado, acontece em todo o Piauí, sendo que em casos de suspeita de fraudes, o trabalhador rural deve recorrer ao sindicato rural para que este lhe ofereça assessoria jurídica.

– Em caso de perdas indevidas que cause prejuízo ao aposentado, a situação pode ser contornada muito embora seja preocupante, mas pode recorrer na justiça. Os valores podem ser recuperados e ainda ser solicitada uma indenização por danos morais e pedido de devolução em dobro.

Ícaro lembrou que o processo do pedido de ressarcimento é um pouco demorado porque muita gente põe culpa na pessoa de um juiz ou de um servidor, mas na verdade, é precisa que se esclareça que a justiça como um todo é lenta porque é sobrecarregada.

Em Elesbão Veloso,Ícaro vem advogando alguns casos, na tentativa de que haja solução favorável a pessoas que foram prejudicadas nos últimos meses. Mas de modo geral, no tocante a esfera judicial, a cidade está de parabéns, dada a rápida resolutividade de alguns casos.

Após ser agredido durante plantão no HENM em Elesbão Veloso, médico Francisco Dantas faz alerta e propõe harmonia entre profissionais de saúde e pacientes.

Por José Loiola Neto/Destaques de Elesbão

Na última sexta-feira(22/9), o médico Francisco Dantas, 26 anos, natural de Valença do Piauí, clínico geral, formado pela FACID/Teresina, atuando no Hospital Estadual Norberto Moura em Elesbão Veloso há algum tempo, procurou a reportagem do Painel Popular/Eldorado FM/Portal Elesbão News para fazer um alenta a população local, no sentido de que possa se estabelecer uma relação mais amistosa entre profissionais de saúde que atuam naquela unidade e os pacientes que a procuram.

A solicitação ocorre menos de uma semana depois dele ficar em meio a uma situação conflitante com o irmão de um paciente que aborrecido chegou a lhe agredir física e verbalmente, e diante o episódio desagradável, Dantas resolveu propor aos elesbonenses um pacto de bem viver, até para que os trabalhos no hospital fluam de modo satisfatório.

Médico Francisco Dantas repudiou atitudes violentas contra profissionais de saúde

O médio Francisco Dantas contou em entrevista que, em que pese conhecer muita gente na cidade e ter boa relação com muitos, destaca que de modo geral, tem havido práticas diárias de agressão contra profissionais de saúde, e com ele em especial, durante a madrugada do domingo(17/9) vivenciou um problema, o que fez com que recorresse o apoio da população no sentido de serem respeitados, na medida em que os profissionais ali estão para prestar serviços, atendimento e cuidados aos pacientes, e porque não– salvar vidas, papel fundamente de todo médico.

– É preciso haver um respeito mútuo entre profissional e paciente, e esse respeito parte da gente; o paciente chega e nós procuramos atender da melhor forma possível, encontrar o diagnóstico, instituir o tratamento.

O médico lembrou que quanto as agressões ao profissional de saúde, seja ele médico, enfermeira ou técnico em enfermagem dificulta muito o atendimento porque quando o profissional deveria estar pensando numa melhor forma de tratar aquele doente, a pessoa vai está tentando se defender de agressões.

Dr Francisco Dantas fala a Eldorado Fm/Elesbão News

– Sem falar que tem o abalo psicológico, você fica na defesa, e isso acaba prejudicando o tratamento do paciente, além do que essas situações agride a dignidade humana do profissional que está aqui num regime de plantão de 24 horas que é estressante, mesmo assim você procura atender o paciente da melhor foram possível e de repente você se pega numa situação não esperada e desagradável.

Perguntando sobre o que estaria provocando as tentativas de agressões a profissionais de saúde em local de trabalho, Francisco Dantas disse entender que na maioria das vezes as pessoas possam estar agindo por desinformação, desespero por as vezes ver uma ente querido mal. Ao tratar sobre a situação em que esteve envolvido, Francisco Dantas

– Fico triste, ao mesmo tempo estou tentando motivar a população para que hajam de forma correta com essas pessoas que dão gás e sangue por essa instituição, dizer que o HENM estar de portas abertas para quem precisar e vai procurar oferecer o melhor possível do nosso trabalho.
O médico lembrou que

– Essas atitudes estão passíveis de punição; existe legislação que é contrária a esse tipo de conduta como por exemplo desacato ao funcionário público no exercício de suas funções, injúrias  com palavras que venham a  denegrir a imagem da pessoa, danos morais, dentre outras coisas, além do que o prejuízo do paciente.

O médico disse ter ficado constrangido com o ocorrido entre ele e o irmão do paciente, mesmo assim em momento algum reagiu e só pedia que o agressor não agisse daquela maneira, e do episódio tirou uma experiência positiva do caso, que foi o fato de não ter perdido o equilíbrio.

– Nunca imaginei que fosse passar por isso e que eu reagiria dessa forma, mas ficou o aprendizado e eu espero que os moradores vejam esse exemplo negativo e tire lição para que não volte a acontecer novamente.

Francisco Dantas encerrou dizendo que é preciso que haja harmonia, na medida em que gentileza gera gentileza, dessa forma quando o paciente procura o hospital e trata bem o profissional de saúde, a recíproca só pode ser verdadeira.

– Você desarma qualquer pessoa quando você dá um sorriso, um bom dia, então venham para cá se precisarem de nosso atendimento estaremos de portas abertas sempre, tenho o maior prazer de atender a população elesbonense e fica o alerta para que condutas como essas não voltem a se repetir.

Corpo de homem é encontrado sem vida na zona rural de Elesbão Veloso

Por José Loiola Neto/Polícia

Nas primeiras horas da manhã dessa terça-feira(26 de setembro/2017) foi encontrado sem vida às margens da BR-316, imediações da localidade Tabuleiro Grande(do Doca Gomes)– região do Antoninho Moreira, o corpo de um homem jovem(com idade entre 20 e 25 anos), pele morena, 1,70 m aproximadamente, cabelo corte moicano e tatuagens pelo corpo. Não foi encontrado documentos com ele. A vítima pode ser um andarilho.

A causa mais provável é que o homem tenha sido vítima de atropelamento. A Polícia já esteve no local. O corpo foi recolhido, devendo ser encaminhado ao IML em Teresina para perícia que irá precisar a causa exata da morte. As informações foram repassadas ao Elesbão News pelo professor Nonato Cavalcante, sendo que este recebeu a notícia por meio de um cunhado/compadre que mora na região.
 

Homem encontrado morto no interior de Elesbão Veloso. Imagem ilustrativa.

Igor Guerra, filho do cantor Tony Guerra em Elesbão Veloso.

Por José Loiola Neto/Música em Elesbão Veloso

Em Elesbão Veloso neste domingo(24/9) para apresentação, no antigo Clube O Môia, no bairro de Fátima, o cantor Igor Guerra, 20 anos, filho do cantor de forró Tony Guerra. A promoção do evento foi de José Wilson, da Churrascaria O Rei do Carneiro.

Antes do show, em entrevista a FM Eldorado, Igor disse que o fato de ver o pai cantando contribuiu bastante para o início da carreira, e recordou que a primeira vez que cantou foi quando tinha apenas 12 anos, perante mais de 10 mil pessoas, em festa popular, em Quixeramobim, terra do seu pai.

Igor Guerra já desenvolve seu projeto musical há pouco mais de um ano e meio, destaca que sua ascensão maior é nos estados de Pernambuco, Paraíba e Ceará, mas pretende também se tornar mais conhecido no Piauí.

ABSURDO: Por conta de Fake, adolescente é agredida por duas mulheres dentro de casa na frente do filho de um ano em Elesbão Veloso; mãe cobra providências por parte da polícia e Conselho Tutelar.


Por José Loiola Neto/Destaques de Elesbão

Durante a tarde do último sábado(23), a dona de casa Cícera Maria Rosa da Silva, 40 anos, moradora da Rua Benjamin Constant, Centro de Elesbão Veloso procurou nossa reportagem para relatar um fato que ela considerou preocupante, na medida em que a fila dela, a adolescente C.S, 17 anos, foi agredida por duas mulheres dentro da própria casa.

O motivo: a exposição pública de seus nomes em rede social através do Facebook, através de um Fake, já que a jovem assegura não ser autora das calúnias muito embora o perfil contenha uma foto dela.

Dona Cícera disse que C.S foi surrada na frente do filho, um menino de apenas um ano. O problema envolvendo a jovem é recorrente, já que numa primeira vez foi registrado um Boletim de Ocorrência na DP local, e que na oportunidade fora pedido para polícia investigar, sendo que o delegado garantiu adotar as providências necessárias.

O tempo passou e um fato novo ressurgiu, a ponto de na última sexta-feira, 22/9, por volta das 10h da manhã, momento em que ela se encontrava em casa com a porta fechada, quando de repente alguém bate na porta, e ao abri-la, duas mulheres, a qual ela não identificou, entrou partindo pra cima da sua filha.

– Elas só não mataram minha filha porque entrei no meio, elas falavam que os nomes delas estavam no Face, e eu falei que elas deveriam tratar a situação de outra maneira, e conversar de forma civilizada, não da maneira que elas agiram.

Dona Cícera contou que ainda na sexta-feira foi na DP duas vezes, porém não encontrou ninguém. Ela disse estar aflita com tudo, visto que sua filha é inocente, vive apenas da escola para casa. A jovem C.S ficou um tanto nervosa com o ocorrido,

– No tempo que fizeram esse Face ela não tinha nem celular, usamos o celular de um amigo meu para ver o que estava acontecendo, mostramos tudo pra polícia. Eu sou viúva, recebi o dinheiro da minha pensão e comprei um celular pra ela, comprei agora, não terminei nem de pagar, faltam cinco prestações, mas essas coisas não estão partindo do celular dela. Alguém está usando o nome dela pra fazer esse tipo de coisa e quem está sendo prejudicada é minha filha sem puder sair de casa como se fosse uma criminosa.

A senhora Cícera Maria encerrou dizendo querer uma providência por parte da polícia e Conselho Tutelar, já que as agressoras disseram que se vissem sua filha na rua iam matá-la.

O OUTRO LADO

Ainda no sábado, horas depois de ouvirmos a mãe de C.S procuramos ouvir o delegado Paulo Gregório, mas ele não atendeu as nossas ligações. Consta que ele estaria em Teresina e só retornaria nesta segunda. Procuramos o Conselho Tutelar. Conversamos com a conselheira Cláudia Gomes, e ela disse já conhecer a família. Quanto a esse caso, Cláudia garantiu que estabeleceu contato com a Polícia Civil para que esta providenciasse a requisição do exame de corpo e delito.

Elesbão Veloso não realizará corrida de vaqueiros este ano, e sim cavalgada. Comissão organizadora explica mudança.

Por José Loiola Neto/Destaques de Elesbão

Uma tradição que atravessa décadas e gerações, a tradicional corridas de vaqueiros, realizada, segundo os mais velhos desde o começo da década de 1940, ainda nos tempos do antigo povoado Coroatá não ocorrerá este ano, para a insatisfação de alguns e incredulidade de outros tantos.

A não realização das corridas, promovida pela prefeitura ano pós ano vem encontrando empecilhos, um deles, a participação de menores, que mesmo impedidos por lei, teimam em querer competir, pondo em risco a si mesmo e a comissão organizadora que numa eventualidade de acidente envolvendo a um menor/adolescente certamente irá responder judicialmente.

Nesse sentido, achando por bem evitar maiores problemas  e respeitando as determinações do Ministério Público e orientações do Conselho Tutelar, a comissão organizadora da festa do vaqueiro em Elesbão Veloso presidida pelo vaqueiro, pecuarista e representante da Associação dos Vaqueiros Amadores de Elesbão Veloso- AVAEV, Chagas Cinobilino, decidiu neste ano de 2017 promover uma cavalgada.

Convém ressaltar que apesar da mudança, a programação de anos anteriores está mantida, dessa maneira, logo cedo, a partir das 8h da manhã começam as inscrições no Parque de Vaquejada Breno Bezerra imediações do Terminal Rodoviário José Osvaldo Barbosa.

No ato da inscrição, o vaqueiro receberá senha para o almoço que será servido entre 11h30 e 12h. A primeira parte do desfile em cavalgada está previsto para às 15h30, quando cavaleiros e amazonas sairão do parque rumo a Matriz de Santa Teresinha, onde acontece a bênção pelo pároco Miguel Junior.

Em seguida, a segunda parte da cavalgada– saída rumo ao Capitão Mundoco, percorrendo ruas do bairro, até sair pela rodovia  estadual PI-224, proximidades do Posto Lu e açude da Rua do Fio seguindo trajeto por ruas dos bairros Piçarra e Vermelha, até entrar pela Avenida Florentino Sampaio Veras(antiga Estrada Nova), retornando ao parque, local da premiação para os vaqueiros participantes.

Entrevistados pelo Painel Popular/FM Eldorado, Chagas Cinobilino e Naldo Abaiador, ambos da Comissão Organizadora da festa do vaqueiro em Elesbão Veloo trataram sobre pontos importantes do evento.

Chagas Cinobilino disse que a mudança de corridas para cavalgada se deve principalmente a proibição da participação de menores, na medida em que a fiscalização do Conselho Tutelar é bastante rígida.

– A gente tentou de todas as formas, inclusive em anos anteriores impedir a participação de menores, mas não tem jeito, sempre surge um ou outro menor.; pessoas levam o cavalo e entrega para ele na boca do jiqui e quando a gente tenta coibir ele(menor) já está correndo, querendo driblar a lei, e para a gente não correr o risco, achamos por bem mudar e promover uma cavalgada, mantendo a programação, com almoço, bênção na igreja e premiação.

Perguntado se aguarda algum tipo de reação do público, Chagas disse ser preciso acompanhar as renovações que acontecem no mundo, e que não espera maiores problemas até porque mantém laços fortes de amizade com toda vaquerama não apenas em Elesbão, mas em cidades próximas.

– Para tomar essa decisão a gente conversou com muitos vaqueiros, e todos foram unânimes em aceitar a cavalgada, até porque não muda muita coisa, foi tudo combinado, e a maioria achou a cavalgada melhor que a corrida.

Ao falar sobre as participações de menores em corridas, algo verificado nas edições anteriores, inclusive as mais recentes, Chagas disse que é assinado por membros da comissão organizadora um termo de compromisso pela realização da festa, e principalmente a proibição da participação de menores de 18 anos, mas sempre acontecia uma desobediência de alguns.

Naldo Aboiador explicou que a mudança entre e a corrida de vaqueiros e a cavalgada, se deve o fato de na segunda haver a participação de mulheres(amazonas) desde as mais jovens até as com certa idade. Natural de Sumé-PB, Naldo disse que a cavalgada é um movimento que vem crescendo não apenas no seu estado, mas no Nordeste e no Brasil de um modo geral.

– Hoje é um dos esportes que mais cresce no Norte/Nordeste não tem porteira; a cavalgada chegou e vai comandar todos esses esportes que se dizem respeito ao animal, porque não se trata apenas de cavalo, você vai no jumento, numa nula etc.

Questionado se durante a cavalgada tem o famoso aboio, Naldo disse que da parte dos organizadores e participantes- cavaleiros e amazonas, quando falta o aboiador na cavalgada é como faltar o padre na missa.

– Ele precisa estar presente porque é ele quem leva o verso, a toada para quem participa, bem como para o público em geral.

Este ano, a exemplo de outros, uma vez mais Naldo Aboiador estará entoando prosas e versos ao lado do parceiro Galego Aboiador.

Naldo Aboiador em entrevista ao Painel Popular; divulgação de cavalgada em Elesbão Veloso

Com tema “Compartilhando Saberes”, FAEVE realizará I Semana do Conhecimento em Movimento dias 24 e 25 de novembro.

Por José Loiola Neto/Educação em Elesbão

Aconteceu durante a manhã deste sábado(23/9) na sede da Faculdade de Elesbão Veloso- FAEVE, o segundo encontro com vistas ao planejamento de um projeto a ser desenvolvido no próximo mês de novembro naquela faculdade, que tem direção geral da professora/mestre Socorro Macedo. A primeira reunião aconteceu sábado passado, dia 16/9 no mesmo local.

Em conversa com a reportagem do Painel Popular/Eldorado FM, questionada sobre a ação, Socorro disse se tratar de um projeto que contemplará os mais variados segmentos e instituições de ensino quer sejam pública ou privada. Também estarão envolvidas as secretarias de Cultura e Educação de Elesbão Veloso e outros 9  municípios da região Vale do Sambito.

As datas para execução do projeto já foram definidas- 24 e 25 de novembro. Professora Socorro Macedo adiantou que o pensamento é tornar o evento anual, dessa maneira, este seria o primeiro de outros tantos.

– O evento será denominado  “Conhecimento em Movimento”, sendo que a cada ano vamos dá uma temática diferente. Este ano o tema geral será “Compartilhando Saberes”.

À nossa reportagem a diretora da FAEVE revelou que em razão dos preparativos estarem sendo desenvolvidos dentro de uma margem de tempo reduzido, o planejamento talvez não saia a contento, mesmo assim traça a melhor expectativa possível, considerando que uma grande e diversificada grade de atividades está inserida na programação.

– Na edição desse ano do projeto Conhecimento em Movimento vai acontecer lançamentos de livros de pessoas de Elesbão Veloso que possuem livros editados, mas que não foram publicados por alguma razão, vamos fazer com que haja essa publicação. O escritor Antonio Xavier é um dos contemplados, ele já tem um livro pronto para ser publicado.

Durante o Conhecimento em Movimento, os escritores que na ocasião estiverem lançando livros terá a famosa noite de autógrafo. Por outro lado, compositores locais que tenham músicas prontas e que não tiveram oportunidade de fazer o lançamento será preparado um DVD para publicação, numa espécie de documentário.

O artesanato local também terá seu espaço com stands destinados a cada município participante. Durante o evento acontecerá a premiação das escolas de Elesbão Veloso e dos demais municípios envolvidos.

– As escolas de ensino médio, o melhor aluno de 3º ano receberá uma bolsa integral, as escolas de ensino fundamental receberá  bolsa para os cursos de extensão– inglês e espanhol, que passará a ter na Faeve a partir de 2018.

Em relação aos professores e técnicos administrativos das escolas parceiras, a FAEVE dará uma bolsa de incentivo para Formação Continuada– especialização ou graduação, se for o caso, ofertando 50% de desconto.

Inaugurada em maio desse ano, a FAEVE é uma iniciativa da professora Socorro Macedo, tendo suas dependências situada à Avenida Benedito Portela Leal, antiga Escola Estadual Angelo Moura, CNEC e Núcleo da UESPI.

Manoel de Jesus Ribeiro de Moais, o Manelão, o faz tudo… até cantar.

Por José Loiola Neto/Destaques de Elesbão

Meu compadre Manoel de Jesus Ribeiro de Morais, o “Manelão” é múltiplo. É daqueles sujeito do tipo “material para toda obra”– promoter de eventos festivos e esportivos, motorista, contabilista e cantor. Na foto, ele aparece dando uma canja durante a feijoada de Santa Teresinha, em julho passado.

Na oportunidade ele soltou a voz. Atualmente Manelão, que não esconde o desejo de poder fazer algo por sua terra nata- Elesbão Velosol, especialmente no que se refere o esporte, vem realizando a Copa Ampar de seleções, maior torneio de futebol amador do Piauí.

Queira ou não, Manelão tem talento de sobra pra realizar eventos, seus feitos à época que morava em Elesbão falam por si: primeiro Copão Rural, Copa Cidade, seresta de rua, carnaval de rua etc etc etc.

Manoel Jesus Ribeiro de Morais cantando durante a feijoada de Santa Teresinha

Veja fotos da abertura dos festejos de Santa Teresinha, padroeira de Elesbão Veloso.

Por José Loiola Neto/Destaques de Elesbão

Foi aberto nesta sexta-feira(22/9) os festejos de Santa Teresinha, padroeira de Elesbão Veloso. Como de costume centenas de pessoas, grande parte devotos da santa acompanharam a procissão que partiu do balão da Várzea Alegre até a Matriz de Santa Teresinha, onde aconteceu missa campal presidida pelo padre Antonio Carlos da Paróquia de São Francisco de Assis em Valença do Piauí, que esteve em Elesbão Veloso atendendo a convite de Miguel Jr, pároco da cidade.

Uma belíssima celebração com musicalidade afinada a cargo da Banda 13 de Maio para o deleite de elesbonenses que aqui residem bem como filhos ausentes que a cada ano renovam a fé, participando da festa religiosa. Aberto ontem, os festejos de Santa Teresinha prosseguirá até 1 de outubro, quando acontece a procissão de encerramento. VEJA FOTOS

MORTE NA ESTRADA: Técnica em enfermagem elesbonense Sylvania Silva morre em acidente na BR-316. Veja fotos

Por José Loiola Neto/Noticias de Elesbão

Pouco depois das 14h desta quinta-feira(21/9) na altura do km-25 da BR-316, próximo ao Parque de Vaquejada Arrocha o Nó, localizado entre os municípios de Demeval Lobão e Teresina, ocorreu um acidente de trânsito, envolvendo um caminhão-baú placa PDJ 0193 Recife-PE e um veículo de passeio modelo Ônix placa PIQ 2700 Elesbão Veloso-PI ocupado pela técnica em enfermagem, a elesbonense Sylvania Silva, que teve morte instantânea após um sinistro de colisão. As causas do acidente são desconhecidas, assim como identidade do motorista do caminhão-baú, que saiu ileso.

Sylvânia de 33 anos, com passagens pelo SAMU, DETRAN-PI e Hospital Estadual Norberto Moura em Elesbão Veloso, sendo ela filha única do casal Vicentina e do sargento Silva, era concursada nos municípios de Passagem Franca e Teresina, e ontem, no momento do acidente, a jovem seguia para capital onde daria plantão em uma UPA da capital piauiense.

A informação da morte de Sylvania chegou a ser repercutida nos telejornais de TV´s de Teresina, porém, a notícia só passou a circular em Elesbão Veloso depois das15h. A PRF esteve no local fazendo trabalhos de rotina. O corpo da técnica em enfermagem foi levado ao IML para perícia, sendo liberado no final da noite para os familiares providenciarem velório e sepultamento.

Em conversa com a mãe de Sylvania na noite desta quinta, ela nos contou que a filha saiu de casa por volta do meio-dia rumo a Teresina. Dona Vicentina contou também, que Sylvânia havia retirado a Carteira de Habilitação há quase quatro anos e que já viajava com frequência para Teresina, onde tinha plantão durante dois dias por semana.

Sylvânia, que cursou os ensinos fundamental e médio em Elesbão Veloso e cursou ensino superior em Teresina era solteira e adepta da Igreja Batista. O corpo está sendo velado na residência dos pais, no Conjunto Eufrausino Moura. É grande a movimentação no local; familiares e amigos prestando homenagens e dando o último adeus. O sepultamento ocorrerá agora, às 10h da manhã, no cemitério Sambaiba. VEJA FOTOS