Rivengo termina empatado por 1x1 no Lindolfo Monteiro

Por: José Loiola Neto/Elesbão News

Maior clássico do futebol piauiense, o Rivengo válido pela quinta rodada do primeiro turno, e disputado durante a tarde/noite do último sábado no Lindolfo Monteiro terminou empatado por 1x1. Jogo registrou a maior renda e público do estadual até agora- mais de R$ 47 mil para pouco mais de 3 mil pagantes.

Muitas homenagens estendidas pela diretoria riverinas, antes de a bola rolar. Foram agraciados o médico Miguel Ângelo, o ex-presidente do clube José Gonçalves, o torcedor  Jamil Abib Tajra e o músico João de Deus, intérprete do bonito hino riverino.
Lance do Rivengo no Lindolfo Monteiro
Com a bola rolando, o Ríver abriu o placar com Humberto aos 25 mas levou o empate dois minutos depois, quando Willian Goiano de cabeça deixou tudo igual para o Flamengo. Foi o resultado final do clássico.
Empate justo para o que produziu os dois times, apesar de no segundo tempo ambas as equipes terem tido chances de desempatar. O Ríver teve uma chance incrivelmente desperdiçada por Juninho Paraíba.

Com o resultado, Ríver e Flamengo mantiveram-se bem postados na tabela de classificação , com o Flamengo melhor somando 7 pontos, um a mais que o rival, no momento fora do G-4 classificatório para as semifinais.

Na próxima rodada, a sexta, marcada para este meio de semana, o Ríver pega o Parnahyba, enquanto o Flamengo duela com o Altos em rodada dupla prevista para acontecer no Lindolfo Monteiro.

 FICHA TÉCNICA

FLAMENGO 1 x 1 RIVER

Motivo: Campeonato Piauiense de Futebol 1° Turno - 5ª rodada

Data: 04/03/2017- sábado- 17h

Local: Estádiio Lindolfo Monteiro em Teresina

Árbitro: Antônio Dib Moraes de Sousa

Assistentes: Márcio Iglesias de Araújo Silva e Janystony Rabelo de Melo.

Renda: R$ 47.955,00 com 3.063 pagantes.

Gols: Humberto(RIVER); William Goiano (FLA)

 Cartões amarelos: Jean Carlo, Barata (FLAMENGO), Juninho Paraíba, Amarildo e Oscar Brizuela (RIVER),

FLAMENGO: Santos; Barata, William, Miltão e Tiaguinho (Rafinha); Alessandro, Lima, Leo Maceió (Negueba) e Jean Carlo (Carioca); Eduardo e ´Capela. Técnico: Cicero Monteiro.

RÍVER: Leandro; Rossales, Oscar Brizuela, Gustavo Eugênio e Wesley; Amarildo, Humberto, Osmar (Negueba) e Juninho Paraíba (Cleber Lucas); Viola e Rodrigo Tiuí (Tety). Técnico: Eduardo Hungaro.
Postagem anterior
Próxima postagem
Notícias Relacionadas

0 comentários: