REVISTAS SEMANAIS: Destaques de capas das revistas brasileiras que circulam neste finald e semana. Sábado, 14/10/17

domingo, 15 de outubro de 2017

REVISTAS SEMANAIS: Destaques de capas das revistas brasileiras que circulam neste finald e semana. Sábado, 14/10/17


VEJA- Edição 2.552
Capa- Meu filho é trans
VEJA narra a saga dos pais de crianças que não se identificam com seu sexo biológico — condição que afeta 1 milhão de brasileiros. E MAIS...

>> Justiça: O STF conclui que afastamento de parlamentar deve ser avalizado pelo Congresso

>> Governo: A segunda denúncia contra Temer pode ter o destino da primeira

>> Ministério: O ministro do Desenvolvimento e a propina de 6 milhões de reais

>> Polícia:O caso do delegado que investigou o filho de Lula

>> Eleições: A aprovação de João Doria cai e leva junto sua paciência

>> Corrupção: José Dirceu está enroscado em escândalo em Portugal




CARTA CAPITAL- Edição 974
Capa- Milagre brasileiro
Na rota do submarino nuclear, a Marinha coloca o País entre as potências mundiais

>> Al Capone, um exemplo
Até que ponto a gangue de Chicago era diferente da quadrilha comandada por Michel Temer, a lhe conferir “a necessária segurança”, como sublinhou o ex-procurador Rodrigo Janot? E MAIS...

>> A ascensão da irmã de Kim Jong-Un, arquiteta da imagem do líder norte-coreano
Kim Yo-Jong chegou à cúpula do Partido dos Trabalhadores da Coreia do Norte



ISTOÉ Edição 2.496
Capa- Os jovens e a nova política

O interesse em restaurar a ética e a transparência no setor público estimula jovens a criar grupos de mobilização para engajar o cidadão comum e pressionar o Congresso a fim de atender às demandas populares não só às vésperas das eleições LEIA AINDA

>> As escutas ilegais na Procuradoria Geral da República
Como foi montado um esquema de escutas clandestinas dentro do Ministério Público Federal idealizado por Rodrigo Janot e comandado por Lauro Pinto Cardoso Neto, um colaborador do Centro de Inteligência do Exército nos anos de chumbo

>> A eleição dos marajás
Dispositivo da reforma política abre brecha para que os candidatos mais ricos larguem em vantagem nas eleições de 2018. Eles poderão financiar do próprio bolso, se quiserem, 100% da campanha

>> De volta para casa?
Temer decide revogar condição de refugiado e extraditar Cesare Battisti. Decisão está nas mãos do STF


ÉPOCA- Edição 1.008
Capa: A corrupção fardada


> Trecho da reportagem de capa de ÉPOCA desta semana:
Entre maio de 2009 e março de 2010, a conta-corrente do coronel do Exército Odilson Riquelme, no Banco do Brasil, recebeu dois cheques no valor total de R$ 37.373. Os depósitos se repetiram nos meses seguintes. Os cheques foram emitidos pela empresa Sequipe, prestadora de serviços de quimioterapia ao Hospital Militar de Área de Recife (HMAR), onde Riquelme cuidava dos contratos. Os valores equivaliam a 10% dos pagamentos feitos à Sequipe pelos contratos com o hospital. Os investigadores do Ministério Público Militar (MPM) descobriram o esquema após denúncia de um ex-funcionário. Confirmou-se que o dinheiro – R$ 205 mil no total – havia sido pedido à empresa pelo então diretor do HMAR, coronel Francisco Monteiro. Ele alegou que seriam “doações” para o hospital. Mas cheques obtidos pelos investigadores mostraram que o dinheiro acabou em contas-correntes dos militares e de pessoas ligadas a eles, não no caixa do hospital.  LEIA AINDA...

>> Personagem da semana
Lionel Messi, craque

>> Guilherme Fiuza
Os catadores de lixo ideológico

>> Expresso
Temer ainda culpa Rodrigo Janot por dificuldades de governar

>> Corrupção
Militares desviam dinheiro público como civis

>> Sociedade
Olavo de Carvalho, o guru da direita que rejeita o que dizem seus fãs

>> Entrevista
João Pedro Gebran Neto, o desembargador que decidirá o futuro do ex-presidente Lula

Nenhum comentário:

Postar um comentário