DESABAFO: Elesbonense João Farias, o "Grizorte" residente em Cuiabá relata situação de sobrinha grávida, reclama falta de médico no HENM em Elesbão Veloso e condena jogo de "empurra, empurra" das autoridades.

quarta-feira, 28 de março de 2018

DESABAFO: Elesbonense João Farias, o "Grizorte" residente em Cuiabá relata situação de sobrinha grávida, reclama falta de médico no HENM em Elesbão Veloso e condena jogo de "empurra, empurra" das autoridades.

João Faria, o Grizorte faz desabafo em relação a saúde em Elesbão

Por José Loiola Neto/Destaques de Elesbão Veloso

No começo da semana passada, o elesbonense João Farias o "Grizorte", 44 anos, nosso colega de infância, encaminhou a este repórter uma queixa(que ele rotulou de denúncia) contra o hospital da cidade e criticou as autoridades pela falta de sensibilidade para resolver "uma situação que só tem prejudicado os munícipes".

Para Grizorte, que reside em Cuiabá-MT há 25 anos, as autoridades fazem o famoso jogo do "empurra, empurra", desfavorecendo a quem recorre ao serviço de saúde pública na cidade. Abaixo, a íntegra do texto:

"Olá José Neto, boa tarde!.

Quero fazer uma denúncia sobre o descaso da saúde e desrespeito aos munícipes de Elesbão Veloso. Estive ai em Elesbão Veloso e vi isso de perto, a falta de médico e outros recursos são bem visíveis. Embora eu não esteja morando ai, eu acompanho as notícias que ocorrem na cidade através dos portais e redes sociais e agora está acontecendo na minha família.

Minha sobrinha está grávida e já venceu o período de gestação e não há um médico sequer para fazer o parto dela por ai, e como se não bastasse ficam nesse jogo de empurra, empurra entre o hospital e outros municípios vizinhos. Deixo aqui minha indignação com a forma de administração da atual gestão em Elesbão Veloso. Gostaria que você publicasse no seu programa. Desde já, lhe agradeço",

João Farias- GRIZORTE.

Nenhum comentário:

Postar um comentário