Em visita a Elesbão Veloso, deputado estadual Dr Pessoa confirma pré-candidatura ao Senado e bate forte em políticos que praticam corrupção: "cafajestes"

segunda-feira, 21 de maio de 2018

Em visita a Elesbão Veloso, deputado estadual Dr Pessoa confirma pré-candidatura ao Senado e bate forte em políticos que praticam corrupção: "cafajestes"



Dr Pessoa em entrevista a Fm Eldorado

Por José Loiola Neto/ Política Estadual

Cumprindo agenda de pré-campanha, passou por Elesbão Veloso neste sábado(19 de maio), o médico e atual deputado estadual Dr Pessoa(Solidariedade-SD), figura um tanto conhecida pelos piauienses principalmente pela maneira como trata seus pacientes, nesse particular, na entrevista que concedeu a FM Eldorado, o agora pré-candidato ao Senado disse nunca ter cobrado por uma consulta ou exame e se sente feliz por ter chegado onde chegou, depois de ter vivido uma infância humilde.

Na ocasião acompanhado do delegado Menandro Pedro da Polícia Civil pré-candidato a deputado estadual Dr Pessoa se disse gratificado pela receptividade e boa acolhida  em terras elesbonenses, o que o fez ter se sentido aclamado, citou os contatos que estabeleceu com o vereador Paulo França, jornalista Wrias Moura(Meio Norte), Edmilson Miranda(Associação da Piçarra) e Cláudio Bonifácio(presidente do SD em Elesbão Veloso).

- Mas fui abraçado principalmente por esse desejo de Deus e do povo por onde nós passamos. Para mim é mais um dia de felicidade e isso só faz crescer o meu otimismo até porque todos os dias faço algo para agradar a Deus, porque ele quer que nós façamos algo com objetividade.

Ele conta que se alfabetizou a partir dos 15 anos de idade em princípio em Teresina, depois no Rio de Janeiro, mais tarde "regressou ao Piauí como médico e professor dos médicos" de pelo menos 70% dos médicos no Estado, parte deles filhos de Elesbão Veloso.

- São mais de 40 anos de profissão e nunca cobrei por uma consulta, nem operação. Todos os dias, em caso de eu estar trabalhando exerço minhas atividades das 6h30 da manhã às 10h30 da noite.

O deputado condenou certas atitudes que se pratica na vida pública apenas para fazer "fileira política", além disso lembrou que não é aproveitador, prova disto é que em três anos como deputado estadual está deixando de usar do dinheiro público-- algo em torno de R$ 1 milhão.

- Poderia estar aqui hoje e a gasolina, o carro e o restaurante ser pago pela Assembleia e eu não estou usufruindo disso.

A respeito da sua pré-candidatura e se mais tarde consumada candidatura ao Senado, Dr Pessoa disse estar otimista, pois em que pese a idade, quase 72 anos, é ainda um homem aguerrido e pronto para ir a luta, por isso espera contribuir um pouco para "impedir a roubalheira" que existe no Congresso Nacional.

- Sou contra aquele descaso que o presidente da república que ai está é um comprador de voto para se sustentar no poder, aquilo é uma vergonha. É também uma vergonha o governo do estado do Piauí ter 15 suplentes que no mínimo dois mais que ele paga, sacrificando a folha, ai fica dizendo que o dinheiro não chega!.

Sobre os recursos que não chegam ao Piauí, o deputado disse que o governador Wellington Dias "pisou na casca de banana" porque não prestou contas como deveria. Para Dr Pessoa somente o povo pode mudar a situação e ponderou que o país possa entrar em colapso.

- Se o eleitor votar errado o Brasil poderá ser a Venezuela no futuro.

Em relação as duas vagas de suplente ao senado na chapa em que será lançada, ele disse não ter pressas, até porque o Solidariedade ainda não definiu por completo possíveis nomes ao governo e a cargos majoritário.

- Estou organizando e discutindo em termos de nomes, mas o SD já tem pré-candidatos a deputado federal e estadual, nisto nós estamos pegando a estrada.

No campo das denúncias políticas, o pré-candidato a senador Dr Pessoa reclamou da situação das estradas em que percorreu no Piauí nas últimas horas, ressalta que entre 40 a 60% dos recursos foram desviados.

- Muitos aí guardaram ou estão guardando dinheiro das secretarias, do poder Legislativo ou outros poderes para comprar votos.

Sobre o empréstimo junto a Caixa Econômica Federal proposto pelo Governo do Estado e até aqui emperrado, o deputado disse que a culpa é do governador que não teve capacidade de administrar, como prova citou o caso de 15 deputados que não foram aprovados(eleitos) pelo povo e estão na Assembleia Legislativa.

- Eu votei a favor do empréstimo, embora eu saiba que as gerações futuras vão pagar isso porque infelizmente ele não teve a capacidade de gerenciar; o bom gerenciador é aquele que não só gerencia quando tem fartura, o bom gerenciador se faz mostrar nas crises. As pressões que tem havido não é feita pelo Dr Pessoa não, é o MPE, é TCE, é o TCU, é o MPF, são autoridades que cuidam dessas questões.

Dr Pessoa finalizou  a entrevista fazendo críticas ao governo lembrou a respeito dos terminais rodoviários, entregues a empresas privadas para administrar. Ademais chamou a atenção para a necessidade de se priorizar a Educação, disse que é preciso que se tenha escolas de boa qualidade, com estrutura física digna e professores bem pagos, implementando arte e esportes como práticas corriqueiras, além do que as famílias precisam se aproximar mais.

- As famílias precisam fazer parte da escola e a sociedade como um todo tem que fazer parte da escola. Os profissionais de educação não são bem pagos porque entre 30 e 40% de cafajestes roubam o dinheiro público que os cidadãos pagam seus impostos. VEJA MAIS FOTOS






Nenhum comentário:

Postar um comentário