Em Elesbão Veloso Major Elizete Lima confirma pré-candidatura a deputada federal e diz que defenderá mudanças na legislação penal: "acredito que posso contribuir muito"

segunda-feira, 23 de julho de 2018

Em Elesbão Veloso Major Elizete Lima confirma pré-candidatura a deputada federal e diz que defenderá mudanças na legislação penal: "acredito que posso contribuir muito"

Major Elizete Lima é pré-candidata a deputada federal pelo SD

Por José Loiola Neto

Esteve em Elesbão Veloso neste domingo(22/7), cumprindo agenda de pré-campanha, a Major da PM-PI Elizete Lima que confirmou corrida à Câmara dos Deputados pelo Solidariedade. Se fazendo acompanhada do pré-candidato ao governo do Piauí Dr Pessoa e dos colegas Menandro Pedro e Sérgio Ribeiro que pleitearão vagas a Assembleia Legislativa, a major participou da Feijoada da Família no Clube Recreativo Elesbonense-CRE, evento promovido pela igreja católica.

Em conversa com a reportagem do Blog Painel Popular/Elesbão News, Elizete Lima, ex-coordenadora do Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência - PROERD explicou sobre sua pré-candidatura, acrescentando que se sente honrada em fazer parte do time do Solidariedade, capitaneado por Dr Pessoa, principalmente porque considera ser a personificação da mudança.

- Sempre trago comigo uma máxima que diz: "a melhor forma do mal prosperar é quando os bons cruzam os braços", sendo assim, a Major Elizete está descruzando os braços e fazendo ela própria a mudança que nós precisamos, a partir dai, conclamamos as pessoas a também fazerem parte dessa mudança real que nós precisamos. Tenho uma vontade enorme realmente de fazer o que nós precisamos.

Major Elizete lembrou que antes de ingressar no Solidariedade não havia se filiado a nenhum outro partido, até porque é militar, e a política é uma nova experiência em sua vida, por isso se considera a legítima outsiders da política piauiense.

- Não tenho parentes políticos, não tenho parentes poderosos, não tenho padrinhos políticos, o que tenho é Deus apenas e já me basta. Doze siglas convidaram a Major Elizete  e o que me fez optar pelo solidariedade?: Dr Pessoa, e ele sabe disso, já falei isso em diversos meios de comunicação por entender que ele é um cidadão íntegro e principalmente por cuidar de pessoas.
Major Elizete Lima defende mudanças nas legislação processual penal

A major disse que optou pelo cargo de deputada federal exatamente porque o grande pilar e espinha dorsal da sua campanha será a mudança na legislação processual e penal e a reformulação de várias leis que no Brasil se encontram obsoletas.

- A gente tem que cair na real, temos que deixar de ser hipócritas e assumir que algumas leis que regem o país precisam de mudança e a mudança da legislação federal é na Câmara dos Deputados e no Senado, e é por isso que optei por concorrer a essa vaga, até porque sou profissional do Direito, advogada com pós-graduação na área e acredito que posso contribuir muito, levantarei de fato a bandeira da mudança da atual legislação.

Major Elizete observa que a legislação atual nas áreas de políticas sobre drogas e sistema penitenciário encontram-se falidas, visto que a tríplice função da pena não funciona já que nem pune nem ressocializa nem serve de exemplo para que outras pessoas não cometam crimes.

- A reformulação do sistema penitenciário tem de ser levada com muita responsabilidade, a gente espera contribuir com nosso Estado, apoiando o nosso próximo governador que será o Dr Pessoa, pretendemos contribuir nessa área de novas ideias para a segurança pública, estamos fazendo parte da elaboração do plano de governo do Dr Pessoa, ele deve registrar em cartório para que a gente sinta de fato as mudanças no nosso estado e no nosso país.

A pré-candidata Elizete Lima concluiu fazendo uma análise do nome de Dr Pessoa ao governo do Piauí, recordou que "mudança" é a palavra mais utilizada no meio político, e por onde tem passado percebe isso por parte da população.

- Foi uma decisão consensual no partido e um clamor das pessoas, eu em particular entendo que o Piauí precisa dessa mudança, os professores, a segurança pública, a saúde.

Nenhum comentário:

Postar um comentário