Diante do atual cenário de insegurança no País, pré-candidato a deputado estadual Menandro Pedro defende liberação do porte legal de arma.

segunda-feira, 23 de julho de 2018

Diante do atual cenário de insegurança no País, pré-candidato a deputado estadual Menandro Pedro defende liberação do porte legal de arma.

Delegado Menandro Pedro fala ao Elesbão News
Por José Loiola Neto


O delegado Menandro Pedro, pré-candidato a deputado estadual pelo Solidariedade esteve em Elesbão Veloso neste domingo(22/7), quando acompanhado do pré-candidato ao governo Dr Pessoa participou da Feijoada da Família, promovida pela Igreja Católica, no Clube Recreativo Elesbonense.
Antes, em entrevista ao Elesbão News, Menandro observa que a decisão de Dr Pessoa abrir mão da busca por uma vaga ao senado para pleitear o governo foi acertada porque trata-se de uma nova opção na política estadual que tem grandes propostas para fazer um Piauí diferente.

- Temos atualmente um Piauí sem estrada, locais onde a gente ver as praças públicas abandonadas, ver a saúde e os postos médicos em situação precária, teve casos em que Dr Pessoa atendeu em uma praça pública a três crianças e três mães porque não havia médico na cidade.

O pré-candidato também reclamou a atuação situação do setor de segurança no Estado, dai defendeu a liberação do porte legal de armas para que o cidadão do bem possa proteger a sua família e o seu patrimônio.

- Nos dias atuais, o bandido sabe que o cidadão está desarmado e ai ele invade casas para praticar o estupro, matar, roubar. Hoje não temos segurança pública, caso a gente consiga ter sucesso nas eleições, pretendemos através das policias Militar e Civil desenvolver um programa que visa em primeiro lugar valorizar o PM que está na rua e o policial civil que faz a policia judiciária dando a eles salários dignos.

Menandro denunciou que mediante o caos instalado, o Piauí tem atualmente cidades em que as delegacias estão fechadas sem um delegado de carreira, os quartéis e as companhias sem policiais para fazer o trabalho ostensivo, e o pior sem valorizar os profissionais. Nesse contexto, o pré-candidato lembrou a situação da educação no estado, fazendo menção a greve dos professores da rede estadual que já passa de 40 dias.

- Todo ano tem greve no Piauí. O governo faz um acordo com os professores sobre aumento depois não cumpre, dar apenas uma mixaria, é por isso que no estado todos os professores estão revoltados porque não há política na área da educação, por isso que todo o Piauí está se unindo em torno da candidatura ao governo por parte do Dr Pessoa.

Ele encerrou a entrevista considerando que a vitória de Dr Pessoa ao governo é palpável porque a democracia é a alternância de poder, e os governos que estão ai ao longo dos anos não se constatou mudanças, prova disto é que estão mandando nos últimos anos.

- Temos que mudar para melhorar. Já disse e continuo reafirmando: sou contra reeleição; reeleição é sinônimo de corrupção, sou favorável às mudanças, o delegado Menandro tem 31 anos de serviço público, fui secretário de segurança e subsecretário de segurança várias vezes, comandei e coordenei todas as grandes operações no estado do Piauí, e por onde tenho passado as pessoas se mostram contrárias a reeleição, dizem que querem candidatos novos. A reeleição tem aborrecido demais a sociedade porque os representantes são os mesmos, é uma verdadeira capitania hereditária, temos que acabar com isso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário