EM BUSCA DO TRI: Com gol do zagueiro Célio aos 46' do 2ºT, Moto Táxi vence Bairro de Fátima e chega a terceira final seguida de Copa Cidade em Elesbão Veloso.

quinta-feira, 20 de junho de 2019

EM BUSCA DO TRI: Com gol do zagueiro Célio aos 46' do 2ºT, Moto Táxi vence Bairro de Fátima e chega a terceira final seguida de Copa Cidade em Elesbão Veloso.

Moto Táxi e BF fizeram clássico movimentado no Nogueirão.
Por José Loiola Neto/Copa Cidade 2019

Por uma das semifinais da Copa Cidade 2019, sábado passado(15 de junho) no Nogueirão, diante do Bairro de Fátima, o Moto Táxi mostrou sua força e tradição, o que o coloca como um dos principais protagonista do esporte local.

Ao vencer a partida por 4x3, o Moto Táxi carimbou o passaporte para a realização da terceira final seguida de Copa Cidade, tendo a chance de faturar o tricampeonato, em decisão marcada para 6 de julho próximo.

Como era de se esperar, a partida entre Moto x BF foi marcada por fortes emoções e só decidida no final, na casa do acréscimos. Na movimentação do placar, o Moto largou na frente com gol de Beirinha a 30 segundos de partida, este o gol mais rápido do torneio até aqui. Fez 2 x 0 com Léo Monteiro, aos 5'. Reação do Bairro de Fátima, aos 41' com Vagner, e assim chegava ao fim o primeiro tempo.

Na segunda parte, ainda que com a vantagem, o Moto tentava liquidar a fatura, e o Bairro de Fátima respondia com idas ao ataque, às vezes forçando o goleiro Charles fazer boas defesas. O goleiro Bugão do BF também foi bastante exigido.

O terceiro gol do Moto Táxi saiu aos 28' do segundo tempo por intermédio de Kassinho Valença. Apesar da desvantagem, o Bairro de Fátima não se entregou, e organizado em  campo foi em busca do resultado.

Uma reação incrível acontecia depois do gol de Ronielson escorando de cabeça, aos 35' e já aos 43' num chutaço de fora da área Loko Loko decretava o empate. O garoto foi ao delírio, comemorou bastante, tirou a camisa, foi advertido com cartão amarelo.

O lance crucial que decidiria a partida aconteceu em um escanteio do lado direito do ataque motense cobrado por Kassinho Valença e que encontrou o zagueiro Célio, que entrara no jogo no lugar de Alan Ferreira.

Célio soube aproveitar o erro de marcação da defesa do BF, que aquela altura estava com 10 homens em campo já que o zagueiro Loko Loko alegou lesão no lance que gerou o escanteio, saiu para ser atendido fora de campo, e quando se preparava para voltar viu o Moto marcar o gol que eliminaria o seu time.

Foi aos 46 minutos, o BF ainda teria três para tentar o empate, que insistiu em não acontecer. O Moto soube administrar o tempo, se impôs e neutralizou as ações do Bairro de Fátima. O resultado se manteve 4x3, confirmando o Moto em mais uma final.

Jogo que teve arbitragem de Antônio Francisco de Novo Oriente, seus assistentes foram Ozanan Lima e Francisco das Chagas, ambos de São Pedro do Piauí. Francisco das Chagas fez sua estreia no torneio.

Renda superior a R$ 1.800,00 para pouco mais de 600 pagantes. O Moto  Táxi encara a Rua do Fio na final prevista para acontecer em 6 de julho, enquanto o Bairro de Fátima fará disputa do terceiro lugar com a Piçarra, no dia 30 de junho.

FICHA TÉCNICA

MOTO TÁXI 4 X 3 BAIRRO DE FÁTIMA

Motivo: Copa Cidade de ElesbãO Veloso- semifinal- jogo único

Local: Estádio Dr Eneas Nogueir(Nogueirão), em Elesbão Veloso-PI

Data-dia-hora: 15 de junho 2019- sábado- 15h30

Árbitro: Antônio Francisco, de Novo Oriente-PI

Assistentes: Francisco das Chagas e Ozanan Lima, ambos de São Pedro do Piauí

Gols: Beirinho, Léo Monteiro, Kassinho Valença e Célio(MTX); Vágner, Ronielson e Loko Loko(BDF)

Cartões amarelos: Tiago, Lata, Kassinho Valença e Dedê(MTX); Loko Loko, Dilson e Ronielson(BDF)

Renda-público: R$ 1.842,00 para 614 pagantes

MOTO TÁXI: Charles; Tiago, Alan Ferreira(Célio), Lata e Pedrinho; Sansão, Edson e Daniel(Fransquinho(Dedê); Léo Monteiro(Josimar), Kassinho Valença e Beirinha. Técnico: Su Moura

BAIRRO DE FÁTIMA: Bugão; Robinho, Keiton, Washington Juba(Loko Loko), Kelton e Dilson(Gato Mestre); Eduardo, Vieira e Vágner(Guleu); Ronielson e Jajá(Ian). Técnico: Naldinho Candeia

Nenhum comentário:

Postar um comentário