JACARÉ MALVADO: Em maior clássico local com direito a quebra de recorde de renda e público, Rua do Fio devolve resultado da fase classificatória, despacha Piçarra e chega a nova final contra o Moto Táxi.

quinta-feira, 20 de junho de 2019

JACARÉ MALVADO: Em maior clássico local com direito a quebra de recorde de renda e público, Rua do Fio devolve resultado da fase classificatória, despacha Piçarra e chega a nova final contra o Moto Táxi.

Washington e Josimar se abraçam após gol da RDF: dupla decidiu clássico contra a Piçarra.

Por José Loiola Neto/Copa Cidade de Elesbão Veloso 2019

No confronto que envolve a maior rivalidade do futebol local na atualidade, válida por uma das semifinais da Copa Cidade 2019, disputada domingo passado, no Nogueirão, a Rua do Fio se impôs ante a Piçarra e venceu por 2 a 1, assegurando vaga em mais uma decisão contra o Moto Táxi, esta prevista para acontecer no dia 6 de julho.

Em campo, uma excelente partida de futebol. Nas arquibancadas lotada, torcedores das duas equipes fazendo festa. Placar inaugurado pela Piçarra, em cobrança de pênalti, convertido por Babo a 5' de partida, o empate da Rua do Fio também aconteceu de pênalti aos 33', convertido por Washington. E assim terminaria empatada a primeira parte do espetáculo-- 1 a 1.

O gol a vitória do Jacaré se deu aos 39' da segunda etapa através de Josimar escorando de cabeça no meio da zaga da Piçarra, após cobrança de falta do atacante Washington-- 2 x1 e muita festa do torcedor da Rua do Fio, frustração e sabor amargo para Piçarra, que perdeu mais uma semifinal para o advesário. Tinha sido assim em 2015, quando a RDF avançou após vencer nos pênaltis, depois de empate por 1x1 no tempo regulamentar.

Vale ressaltar que durante a fase de grupos, em 13 de abril, a Piçarra venceu a Rua do Fio por 2 x1, porém, desta feita, atuando completa, ao contrário daquela partida, a Rua do Fio mostrou sua força.

A Piçarra até então com 100% de aproveitamento jogou sua pior partida e perdeu quando não deveria, alguns atletas ficaram devendo-- Joãozinho não jogou uma boa partida, pior do que ele, o ainda artilheiro da Copa Cidade, o atacante Jailson que não apareceu nos momentos decisivos, passando em branco nas últimas partidas.

Não apenas pela Rua do Fio, mas no contexto geral, o zagueiro Hernandes foi o melhor em campo, fez um partidaço e contribiu para que sua equipe chegasse à decisão. Foi tamanha a comemoração da comissão técnicas, atletas e principalmente torcedores Rua do Fio após o apito final. A zoação nas redes sociais dura até hoje.

Jogo conduzido por Ozanan Lima de São Pedro do Piauí, tendo como assistentes Antônio Francisco de Novo Oriente e Francisco das Chagas de São Pedro do Piauí. Bom trabalho do trio de arbitragem. Vários cartões amarelos e uma expusão para o zagueiro Cássio Alta Vista da Piçarra por antijogo e jogada brusca contra o atacante Washington, que mesmo caído teve a cabeça chutada.

Nessa partida, quebra de recorde de renda e pública na Copa Cidade. Na verdade, provando ser o maior clássico local da atualidade, Rua do Fio e Piçarra superaram os números do jogo do dia 13 de abril passado, e agora jogaram para mais de 1.100 pagantes, que proporcionaram renda superior a R$ 3.400,00.


FICHA TÉCNICA

PIÇARRA 1 X 2 RUA DO FIO

Motivo: Copa Cidade de ElesbãO Veloso- semifinal- jogo único

Local: Estádio Dr Eneas Nogueir(Nogueirão), em Elesbão Veloso-PI

Data-dia-hora: 16 de junho 2019- domingo- 15h30

Árbitro: Ozanan Lima, de São Pedro do Piuaí

Assistentes: Francisco das Chagas, de São Pedro do Piauí e Antônio Francisco, de Novo Oriente-PI

Gols: Babo-pên(PIÇARRA); Washington-pên e Josimar(RDF)

Cartões amarelos: Joãozinho, Cássio Alta Vista, Mayk e Babo(PIÇARRA); Chaguinha e Beto(RDF)

Expulsão: Cássio Alta Vista(PIÇARRA).

Renda-público: R$ 3.495,00 para 1.165 pagantes

PIÇARRA: Gustavo; Alê, Dedé, Cássio Alta Vista e Vando; Lelê(Douglas), Joãozinho(Mayke), Jairinho e Babo; Reis(Gutem) e Jailson. Técnico: Eduardo Welton Cavalcante.

RUA DO FIO: Rato; Chaguinha(Jailson), Beto, Hernandes e Lucas Capetinha; Josimar, Gilvan, Taynan e Minó; Cássio Jhony e Washington. Técnico: Willians Morais

Nenhum comentário:

Postar um comentário