Veja notícias, fatos históricos, tempo e aniversariantes do dia em Elesbão Veloso nesta quinta-feira, 30 de janeiro 2020

Por José Loiola Neto/Do Elesbão News

HOJE NA HISTÓRIA EM ELESBÃO VELOSO- 30/1

2015- Banda Os Meninos de Barão se apresentava no Clube O Moia.

2016- Banda dos Meninos de Barão se apresentava no Cabana Club.

2018- Morria Iola de Abril Castro Gomes, esposo de Doca Gomes(falecido) e mãe de Junior e Kid Gomes.

- Morria em São Paulo a senhora Francisca Maria da Silva, a "Bibia" , filha do senhor Enoque Domingos, morador da Avenida Sambaíba.


ANIVERSARIANTES DO DIA EM ELESBÃO VELOSO- 30/1
Demir Absolon- 46 anos
Valdemir Moura, o Valdemir da Alta Vista- 55 anos
Joao Farias, o Crisóstomo, 46 anos


NOTÍCIAS DE ELESBÃO VELOSO E ARREDORES

>> Em manutenção, um dos caminhões que fazem a coleta de lixo em Elesbão Veloso. Em face a isso, na terça-feira, não foi recolhido os resíduos sólidos das residências dos bairros de Fátima e Santa Clara, tarefa realizada no dia seguinte em um caminhão improvisado.

>> Doloroso vê a Unidade Escolar José Martins, a mais antiga escola pública sediada em Elesbão Veloso em repleto estado de abandono, a espera de uma obra que dificilmente virá. Quem vai lá nos próximos dias é a nossa equipe de reportagem para mostrar de novo o marasmo que o local se encontra.

>> Falar da Escola José Martins e não lembrar a pessoa da professora Zélia Borba é cometer injustiça, pois foi ela uma das precursoras da educação em Elesbão Veloso, a partir da sua chegada a essa cidade em 1964. Foi professora e diretora da escola. Sempre que posso converso com ela até para pegar um pouco dos seus ensinamentos.

>> O mês de janeiro que caminha para o final em termo de chuvas não deixa uma marca expressiva para Elesbão Veloso. Era esperado mais.

>> Hoje veio a mim a lembrança do famoso açude da Varjota de Seu Nenoso Moura. Sinceramente não sei se ainda existe.

>> Agonizando há muito tempo se encontra o açude da Rua do Fio, outrora, especialmente entre as décadas de 1970 e 80, local de lazer de muitos elesbonenses.

>> Fico perguntando: Porque não tornar o Cruzeiro da Miminha um ponto de visitação, e mais voltado para quem vem a passeio a Elesbão Veloso?. Restaurado e entregue ao município por netos da saudosa Miminha, o local, infelizmente vem sendo alvo de vândalos desde então.

>> O que não existe mesmo é o olho d´agua do Cirino. O poder público não tratou de preservar o que fez parte da história da cidade.



Postar um comentário

0 Comentários