TRUNCADO: Comercial e Pé do Morro fazem duelo equilibrado e empatam pela Copa Cidade de Elesbão Veloso.

Por José Loiola Neto/plantão esportivo TV Gira Bola

No fechamento da segunda rodada da fase de grupos da Copa Cidade de Elesbão Veloso 2020, nesse domingo(16/02/2020) no Nogueirão, Comercial e Pé do Morro não foram além do empate por  1 a 1.

Jogo válido pelo grupo A marcou a estreia das equipes no torneio. Gols apenas no primeiro tempo. Mayke aos 14' abriu o placar, depois de bela jogada de João Victor pela esquerda. A igualdade para o Morro aconteceu 3 minutos depois aos 17' com Clenisson, de Lagoa do Piauí. Mayke ainda desperdiçou uma cobrança de pênalti aos 9' chutando para fora.

No segundo tempo em determinado momento com maior volume de jogo, o Pé do Morro teve a chance de definir a partida, porém não tinha objetividade nas finalizações, enquando isso, o Comercial ameaçou numa cabeçada de Mayke defendida de maneira espetacular pelo goleiro Camilo.

No geral, Comercial e Pé do Morro proporcionaram bom espetáculo para os quase 500 pagantes presentes ao Nogueirão; renda de R$ 1.400. Arbitragem segura de Jerre Adriane, que mostrou 3 cartões amarelos.

Os próximos compromissos das equipes na Copa Cidade: O Pé do Morro enfrenta o Santa Clara, dia 7/3, enquanto o Comercial terá pela frente duelo diante da Bélgica, dia 21/3.










 ENTREVISTAS: REPERCUSSÃO PÓS JOGO

Professor Djalma Carvalho, auxiliar técnico do Comercial lembrou que sua equipe atuou com dois desfalques diante do Pé do Morro-- Minó e Rafael, e mesmo com as duas ausências o time se sobressaiu.

- Gostei muito do que vi em campo, principalmente na primeira etapa, infelizmente a gente não conseguiu converter os gols, quanto ao pênalti desperdiçado pelo Mayke é importante lembrar que penalidade é difícil e não podemos crucificar o jogador até porque ele bateu bem na bola. O Comercial entrará em campo sempre com garra, alguns dizem que nosso time é pequenininho, mas vamos mostrar o que sabemos fazer de melhor que é jogar bola.

O jovem camisa 7 do Comercial João Victor analisou como bom o empate contra o Morro, porém a vitória seria mais interessante, recordou que o time desperdiçou boas chances e até pênalti, sendo que no segundo tempo, a equipe teve certas dificuldades.

-Esperamos melhorar nos próximos jogos. Quanto ao penalti, eu quis cobrar, mas o meu companheiro pediu, então eu achei que ele estava confiante, infelizmente perdeu, mas é assim mesmo, eu também estava confiante, mas quem sabe na próxima eu não possa bater. Acho que poderia ter havido um vencedor, jogamos melhor, tivemos vários lances e tínhamos que ter vencido essa partida.

Recém-chegado ao Comercial, o dirigente Mariano Muniz, campeão municipal ano passado em Francinópolis com o Chapada Sport disse estar feliz na nova casa.

- Essa partida de estreia contra o Morro foi importante, infelizmente o Mayke desperdiçou um pênalti que se convertido poderia mudar o roteiro do jogo, o jogo foi perfeito, sem erros, faltou apenas detalhes para sairmos de campo com a vitória.

Treinador Domingos do Comercial disse que sua equipe jogou bem e seus atletas se empenharam em busca da vitória, além disso, ele agradeceu ao torcedor comercialino presente ao Nogueirão.

- Eu tenho é que parabenizar essa equipe por ter feito um grande jogo nesse retorno a Copa Cidade, voltamos com tudo com caras novas, nova diretoria, agradecer também a essa torcida maravilhosa que compareceu ao Nogueirão para apoiar a gente, são sócios-torcedores que colaboram todos os meses para que o Comercial brilhe nessa Copa Cidade. Nosso projeto é pés no chão, jogo a jogo, passo a passo.

O zagueiro Indiel, camisa 4 do Comercial, oriundo de Tanque do Piauí aprovou a estreia e disse que é possível a equipe brigar pelo título.

- Temos esse pensamento, ainda faltam algumas peças, o time está bem montado e vamos tentar o título sim.

Pelo lado do Pé do Morro, o experiente Eri Machado disse que o empate foi bom, mas ficou um gosto de "quero mais".

-Faltou a bola do jogo, bola para sairmos vencedores, mas estamos no páreo, alguns disseram que não montaríamos um bom time, mas conseguimos, temos um time para brigar pelo título. Vamos buscar coisas grandes.

Camisa 10 Emerson do Pé do Morro analisou a igualdade no placar contra o Comercial. Ele disse que o objetivo era a vitória, mas não foi possível.

- Fizemos um segundo tempo melhor que o primeiro, quando fomos um pouco apagado, tivemos muitas chances no segundo tempo, mas não soubemos absorvê-las, a vitória era possível, mas tivemos infelicidade ao perder alguns gols.

Autor do gol de empate do Pé do Morro, o camisa 11 Clenisson oriundo de Lagoa do Piauí entende que a vitória era palpável, contudo, faltou mais objetividade nas finalizações.

- Tivemos a chance de virar, mas infelizmente a bola não entrou, acho que o time pode ficar mais cascudo, afinal foi apenas o primeiro encontro, podemos bem mais distante.

Auxiliar técnico do Pé do Morro Francisco Welton viu um jogo bastante disputado ante o Comercial, o seu time não foi bem na primeira etapa, tanto que sofreu pressão.

- Acho que nosso time mereceu a vitória, jogamos bem, acertamos, acho que vamos melhorar para sequência. Confio nesse grupo, tem jogadores ai que outras equipes não quiseram e nós aproveitamos aqui, apostamos no Doda, Zé Capim Pubo, Ancelmo, todos experientes e deram liga nessa estreia. Vamos em busca do título.


FICHA TÉCNICA

COMERCIAL 1 x 1 PÉ DO MORRO 

Motivo: Copa Cidade de Elesbão Veloso 2020- grupo A

Data-dia-hora: 16 de fevereiro 2020- domingo- 15h45

Árbitro: Jerre Adriane Ferreira(Elesbão Veloso)

Assistentes: Lindomar Soares e Gabriel Oliveira, ambos de Elesbão Veloso-PI

Gols: Mayke 14' 1ºT(COMERCIAL); Clenisson 17' 1ºT(PÉ DO MORRO)

Renda/público: R$ 1.400,00 para 466 pagantes

Cartões amarelos: João Victor e Dudu(COM); Emerson(PDM)

COMERCIAL: Gustavo Barbosa; Cosme, Denilson, Indiel e  Gustavo(Felipe Mateus); Fulepa(Dudu), Chaguinha, Lucas; João Victor, Jardiel Gordo(Gabriel) e Mayke. Técnico: Domingos. 

PÉ DO MORRO: Camilo; Ancelmo(Vagner), Doda, Eri Machado e Zé Capim Pubo; Filho(Fabiano), Lulu e Emerson; Rony(Jailson), Clenisson(Karreis) e Dika. Técnico: Iran Machado

Postar um comentário

0 Comentários