Advertisement

Responsive Advertisement

MOTOS- Amante do motocross, Ronaldo Aderbal descreve paixão por trilhas: "é um prazer que completa".

Trilheiros em São Félix do Piauí

Por José Loiola Neto

No final da manhã do último sábado(8/5) em Elesbão Veloso, algo chamou a atenção dos transeuntes. Passavam das 11h da manhã e o ronco dos motores produzidos pelas motos que passavam pela Avenida Presidente Castelo Branca, entrada da cidade era perceptível e convidativo a quem aprecia o esporte que é adrenalina pura. 

Assim, dezenas de motocicletas e até jeeps podiam ser visto, um atrás do outro, não em caráter de disputa, mas de puro prazer, diversão e lazer por parte daqueles que integram um grupo de trilheiros que fazem parte da Equipe Radical de Valença do Piauí.


 
Nesse meio não poderia faltar quem respira e transpira paixão por esse esporte sob duas rodas- Ronaldo Alves ou simplesmente Ronaldo Aderbal. 

Ele acabou de completar 51 anos, mas ainda demonstra tamanha disposição para continuar praticando esse esporte radical, arriscado para muitos, mas prazeroso para quem vive ele intensamente de maneira frequente e frenética. 

- Com muito prazer faço parte do grupo e tenho muitos amigos. Os trilheiros andam de moto por prazer, mas tem o outro lado que talvez quem ver de fora desconheça que é o lado turístico.


Ronaldo explicou que talvez passe despercebido para que está de fora, mas para quem faz trilha sabe que conhecer lugares, comunidades, rios, cachoeiras, e principalidade pessoas é um prazer que completa

- O prazer de andar de moto, a prova disso é que muitos começam no  motocross onde se resume a uma pista fechada e depois que começa fazer trilha termina ficando só com as trilhas.

Postar um comentário

0 Comentários