Advertisement

Responsive Advertisement

OUTUBRO ROSA- Após vencer câncer de mama, elesbonense Tetê Loiola abraça campanha de prevenção à doença: "gratidão me define"

Tetê Loiola com colegas de setor de trabalho na Agespisa

Por José Loiola Neto

Funcionária de carreira da Agespisa, a elesbonense Tetê Loiola esteve nesta sexta-feira(1°/10) ladeada por colegas de trabalho e do seu médico, o mastologista Luiz Ayrton Santos Júnior, dando ênfase ao inicio da campanha "Outubro Rosa", que consiste em alertar mulheres em todo o Brasil quanto a importância de prevenção e combate ao câncer de mama.

- Todo ano comemoro e participo das ações do Outubro Rosa, pois abracei esta causa por ter respondido ao tratamento de câncer de mama. Mobilizei todo mundo do meu setor, todos foram de rosa, fizemos um bolo, cantamos os parabéns, ficou show. 

Anos atrás, Tetê passou a travar uma verdadeira batalha para superar as adversidades impostas pela doença, vencida graças a sua fé e todo o apoio do seu mastologista Dr Luiz Ayrton Santos Júnior, um dos mais conceituados do país, responsável pela realização do Outubro Rosa no Piauí, tendo ele criado a Fundação Maria Carvalho Santos, um ponto de apoio e acolhimento direcionado a pessoas carentes do estado que necessitam de tratamento contra o câncer de mama. 

- Gratidão me define. São 16 anos de sucesso por ter vencido o câncer. Tenho o astral muito alto, prazer de viver e transmito isso ao povo que convive comigo, não gosto de solidão nem ficar presa dentro de casa, gosto de viver, de movimento, viver enquanto tenho vida, é o mês inteiro vestindo rosa, transmitindo força para quem está passando por momentos difíceis e lembrar que eles podem superar. 

Na árdua batalha contra o câncer, Tetê faz questão de enaltecer o apoio e aconchego familiar, relembrando que o esposo Onofre à época trabalhando no escritório da Agespisa em Elesbã Veloso, precisou retornar a Teresina para acompanhá-la. Além disso, os três filhos- Marcus Aurélio, Lino César e Lívio Loiola ainda que divididos em fase de estudos em faculdades, foram fundamentais. 

- O Marcus fez sua monografia  baseada no meu problema para entender melhor o problema e o avaliador a frente na bancada foi Dr Luiz Ayrton. Ele fez referência,  melhor que seu trabalho escrito é  sua apresentação. O Lívio  era aluno  do professor Luiz Ayrton e fez com que eu fosse atendida em carácter  emergencial.  O Lino sempre me  acompanhava nas quimioterapias. Então  o apoio da família é  muito importante. 

Importa lembrar que por conta da pandemia do novo coronavírus, a caminhada alusiva ao Outubro Rosa, na capital piauiense está suspensa nos últimos dois anos, a última foi realizada em 6 de Outubro de 2019, contando com a adesão de centenas de pessoas que abraçaram o movimento de conscientização e combate ao câncer de mama, doença que mata  cerca de 70 mil mulheres por ano no Brasil. 








Postar um comentário

0 Comentários