Francinopolitano Paulo Júnior fala sobre vida no futebol dos EUA, lembra passagem pela Piçarra e faz referência a Elesbão Veloso: "minha casa"

sábado, 24 de dezembro de 2016

Francinopolitano Paulo Júnior fala sobre vida no futebol dos EUA, lembra passagem pela Piçarra e faz referência a Elesbão Veloso: "minha casa"

Paulo Júnior fala a Eldorado FM
 Ao participar do jogo dos Amigos x Flamenguistas, promovido por Rêmulo Brandão, semana passada(sábado 17.12.2016), na AABB de Elesbão Veloso, o meia-atacante Paulo Júnior, 27 anos(23/01/1989) natural de Francinópolis-PI, atualmente defendendo o Fort Lauderdale Strikers, dos Estados Unidos(time de Ronaldinho Fenômeno) falou com a reportagem do Painel Popular/Fm Eldorado e comentou temas relacionados a sua carreira enquanto jogador profissional.

Começou relembrando o princípio da trajetória futebolística.
- Comecei em São Paulo na Trafic Junior´s, depois fui para o São Bento de Sorocaba, tive uma passagem pelo Ituano, onde cheguei a disputar o Brasileiro da Série C, disputei também o Campeonato Paulista. Depois tive a oportunidade de ir para o futebol dos Estados Unidos para jogar pelo Miami FC. Em 2014 tive uma passagem pelo Náutico-PE, onde fiquei apenas 5 meses, em seguida fui para o Canadá, onde fiquei por um ano e meio, e agora estou no Strikers, time do Ronaldinho Fenômeno.

Paulo Junior analisa a atual fase na carreira e a desenvoltura dos Strikers na Liga Norte Americana. 
- Estou bem graças a Deus. O time infelizmente não classificou para a fase final, mas fizemos um bom campeonato, terminamos em quinto. Não era isso que a gente queria, queríamos pelo menos chegar nos playoffs, que é na verdade as semifinais, nosso foco era esse, não deu; o campeão foi o New York Cosmos, time pelo qual já jogou Pelé.
Paulo Jr comemora gol pelo Strikers

O atleta fala dos projetos para 2017
- Tenho ainda um ano de contrato com o Strikers, meu empresário está conversando com o clube, não temos nada acertado, temos contrato mas falta reajuste que estão sendo discutidos, é cedo para falar, tô aguardando meu empresário definir tudo, depois entraremos em detalhes e saberemos o que acontecerá em 2017.

Sobre a possibilidade de voltar ao Brasil, Paulo Junior disse que pensa, mas é algo para o futuro.
- No momento estou bem nos EUA, prefiro terminar meu contrato e dá continuidade a minha carreira pelos Strikers.

Paulo Jr em jogo nos EUA

Paulo Junior não esqueceu o período em que foi jogador de futebol amador e recordou sua passagem pelo time da Piçarra em Elesbão Veloso.
- Chego a me arrepiar e fico feliz de sempre voltar aqui. Elesbão Veloso é como se fosse minha cidade. Sou de Francinópolis mas joguei muito tempo aqui em Elesbão, onde tenho muitos amigos, aqui me sinto em casa.

O jogador encerrou deixando uma mensagem aqueles jovens que desejam um dia ser um atleta profissional. 
- Primeiramente tem que estudar, nunca abrir mão dos estudos, pois sem estudos você não é nada, estudo em primeiro lugar, se dedicar o máximo, e ter foco, porque o sonho vem através daquilo que você foca, saber aquilo que você quer e correr atrás.

Por José Loiola Neto

Nenhum comentário:

Postar um comentário