REVISTAS SEMANAIS- Veja os destaques de capa das revistas deste domingo, 17 de SETEMBRO de 2017

domingo, 17 de setembro de 2017

REVISTAS SEMANAIS- Veja os destaques de capa das revistas deste domingo, 17 de SETEMBRO de 2017





VEJA- Edição 2.548

Capa: República de quadrilhas

Temer é denunciado pela segunda vez, e a polícia o acusa de liderar o “quadrilhão” do PMDB. E MAIS...

>> Lava-Jato: O país das organizações criminosas

>> Cresce a lista de ocorrências penais do presidente Michel Temer

>> A prisão dos irmãos Joesley e Wesley Batista, donos da JBS

>> O ex-ministro Antonio Palocci diz em proposta de delação que Lula recebia pacotes de propina

>> Os 51 milhões de reais e o banco informal do PMDB


INTERNACIONAL

>> Mianmar: O silêncio constrangedor da Nobel da Paz

>> Uruguai: Onde a corrupção tem limite


ECONOMIA

>> Mercado A retomada econômica tira a bolsa do buraco


GERAL

>> Ideias: A celeuma em torno da exposição Queermuseu, em Porto Alegre


>> Religião: O papa Francisco quer modernizar a Igreja e aproximar mais os fiéis


>> AmbientE:  O aquecimento global ameaça a indústria do café


>> Moda: Victoria Beckham põe feminismo na passarela


>> Comportamento: Nas salas da raiva, o cliente paga para quebrar tudo


>> Tecnologia: O novo iPhone aposta no narcisismo da clientela



ISTOÉ- Edição 2.492
Capa: A Era dos facínoras


Trecho da reportagem de capaAinda nos machuca os ouvidos a frase “nós não vai ser preso”. Não é pelo maltrato ao idioma não, nem pela aberração da conjugação do verbo, porque isso até que passa e vira formalidade num País de treze milhões de analfabetos, quando o mais grave (muito mais grave) é o conteúdo da frase mesmo. E também ainda nos machuca as retinas o cariz de pretensão de impunidade com os quais o “nós não vai ser preso” nos foi lançado na cara. O dono da pérola, isso todo brasileiro com um fio de barba de vergonha sabe quem é, porque em gente boa dói mais, muito mais, coisas desse tipo: o senhor Joesley Batista, ex-todo-poderoso dono da J&F.  E MAIS...


>> A trajetória de médico a monstro
Em delação, Palocci confirma que entregou R$ 13 milhões em dinheiro vivo a Lula, sacados no departamento de propinas na Odebrecht, conforme ISTOÉ antecipou em maio


>> As armações dos irmãos Batista
Como os donos da JBS gravaram meia República, se aproximaram do procurador-geral, urdiram um plano quase perfeito, mas foram abatidos quando ousaram imaginar que estavam acima da lei


>> A nova xerife do Brasil
Acusadora com desassombro e coragem, Raquel Dodge assume a PGR com menos espuma, mais trabalho e sem a intenção de contemporizar com malfeitos de quem quer que seja. O primeiro alvo será a delação da JBS


>> Um governo sob pressão
Denúncia de Janot, abertura de inquérito no STF e delação de Funaro voltam a acender o sinal de alerta no Planalto


>> Vai sobrar alguém no Rio?
Garotinho foi preso enquanto participava de um programa de rádio, mas não está só: inúmeros políticos da cidade permanecem atrás das grades


>> Um fanfarrão cada vez mais isolado
Lula tentou agir com o juiz Sergio Moro como se ainda estivesse em caravana pelo Nordeste, mas saiu como alguém que caminha a passos céleres rumo a uma nova condenação


>> A ascensão do moscatel
A uva que produz os vinhos cujo consumo mais cresce no País é também responsável por uma inédita safra de prêmios internacionais


>> Arte é arte
Encerramento de exposição em Porto Alegre após violentos protestos moralistas abre caminho para o cerceamento da liberdade de expressão e para um assustador paralelo com períodos ditatoriais


ÉPOCA
Capa: As últimas flechas

>> Trecho da reportagem de capa de ÉPOCA desta semana

O vice-presidente Michel Temer discursava em um palanque em Três Lagoas, Mato Grosso do Sul, enquanto um poderoso empresário em ascensão, com quem tinha excelente relação há cerca de dois anos, assistia sentado a poucos metros. Joesley Batista, um dos donos do grupo J&F, da gigante de carnes JBS, estava satisfeito na plateia. Naquele 12 de dezembro de 2012, ele inaugurava a fábrica de celulose da Eldorado, uma das empresas do grupo, com um evento no qual ganhava o prestígio do vice-presidente da República e presidente do PMDB. E MAIS...


>> Personagem da semana
Wesley e Joesley, a dupla que ajudou o Brasil a dançar


>> GUILHERME FIUZA
Os coxinhas LGBT



>> Expresso
Por medo, Temer, Padilha e Moreira evitam qualquer contato com a família de Geddel



>> Teatro da política
As dificuldades para Michel Temer superar flechadas e uma crise em sua base


>> Investigação
A Lava Jato passa para as mãos de Raquel Dodge


>> Observador da arte
Como movimentos ultraconservadores conseguiram encerrar uma exposição em Porto Alegre


>> Pós-verdade
O cancelamento da exposição Queermuseu custou clientes ao Santander?


>> Helio Gurovitz
Qual o limite da liberdade? Um clássico do filósofo inglês John Stuart Mill ajuda a responder a essa pergunta


>> Fronteiras da economia
A próxima grande reforma é simplificar o país


>> Entrevista
Paulo Hartung, governador do Espírito Santo


>> Saúde e check-up
Por que a vacina contra o HPV não pegou no Brasil?


>> Bruno Astuto
“Acreditávamos num país que não aconteceu”, diz Frejat


>> Walcyr Carrasco
Todo mundo endividado


>> Mente aberta
Como o montador Daniel Rezende se transformou num diretor brilhante


>> Gustavo Cerbasi
Viver com menos


>> Mente aberta
Os dinossauros roqueiros da banda britânica The Who invadem o Rock in Rio


>> Ruth de Aquino
Precisamos falar sobre o luto

Nenhum comentário:

Postar um comentário